Page 1 of 1

Quando eu for grande não quero ser...!

Posted: 21 Aug 2008 00:12
by urukai
Boa noite,

este ritual tem algo de catártico. Faz-me descontrair postar aqui os exercícios que fiz no curso de escrita criativa.

O que deixo hoje tinha como regras:

- Começar um texto com a frase "Quando for grande, não quero ser..." (em homenagem ao texto "O Brincador" de José Álvaro Magalhães)
- Ter no seu corpo a palavra lagartixa (uma forma de piscar o olho ao mesmo texto "O Brincador")

Isto foi o que me saiu em 10 minutos:

<!--coloro:#0000ff--><!--/coloro-->Quando for grande, não quero ser adulto!
Não que ser adulto seja chato, porque não é! É apenas aborrecido. Um aborrecimento daqueles de domingo à tarde, em que sabemos que no dia seguinte é segunda e um despertador nos avisará aos berros que temos um trabalho à espera. Ser adulto é igual. Um adulto tem antes de si uma infantil sexta-feira em que tudo é novo e somos feitos de ansiedade. De seguida, vem um sábado juvenil que nos deixa ir à praia, fazer gazeta e apanhar uma bezana porque, já se sabe, é próprio da idade. Mas o adulto não! Do alto da sua Dominguite sabe que a seguir vem a velhice e por isso há que pôr um ar sério, aborrecido e exalar responsabilidade por cada poro.
Quando for grande, não quero ser adulto!
Já disse! Não quero! Prefiro que, a meio desse domingo, me interrompam a tarde aborrecida e liguem lá para casa por engano:
- Está lá? É de casa do Peter Pan?
Ao que respondo afirmativamente com a convicção que um desejo consegue ter. A voz do outro lado continua:
- É só para avisar que houve um engano Sr. Peter Pan! Afinal amanhã não é segunda! É sexta-feira! Por isso não precisas de te prefixares com "Sr." e, à noite, podes ir apanhar pirilampos para alimentares a tua lagartixa!
E pronto, já me decidi!
Quando for grande, não quero ser adulto!
Quero ser uma sexta-feira com infinitas noites de verão iluminadas por uma barriga de lagartixa repleta de pirilampos!<!--colorc-->
<!--/colorc-->

Urukai

Re: Quando eu for grande não quero ser...!

Posted: 21 Aug 2008 00:20
by Jorge dos Santos
Gostei. Penso que estás a fazer um bom trabalho de curso...
Posso responder-te com um poema da minha adolescência?

<div align="left">Pensamento primogénito</div>
<div align="left">Sonhava ser alguém.
Alguém que por ter barba
já era alguém
que não conhecia a palavra NÃO
e que por si só,
já era alguém.</div>
<div align="left">Agora,
que tenho barba na cara
e não conheço o NÃO,
sonho ser criança
levando alguém pela mão!</div>

Re: Quando eu for grande não quero ser...!

Posted: 21 Aug 2008 19:57
by urukai
Estás à vontade, eu é que agradeço!

Abraços

Uruk

Re: Quando eu for grande não quero ser...!

Posted: 21 Aug 2008 22:18
by Cat Skywalker
<!--coloro:#000000--><!--/coloro-->Gostei mesmo muito! Até porque sofro de um caso grave de Peter Pan Syndrome e quero acreditar que nunca vou deixar de ter um espírito jovem e divertido![i]"Mas o adulto não! Do alto da sua Dominguite sabe que a seguir vem a velhice e por isso há que pôr um ar sério, aborrecido e exalar responsabilidade por cada poro."[/i] - Está mesmo linda esta parte! <!--colorc--><!--/colorc-->

O que não falta por aí são adultos que ainda sabem ser crianças e ser jovens, quando a altura é propícia, é pena é que sejam abafados e criticados pela grande massa de adultos que acreditam que têm todos de ter condutas semelhantes, sérias e austeras.

(espero não ofender ninguém com a minha opinião)