Colecção Vintage

Todos os lançamentos e opiniões cuja categorização não caiba nos sub-fórums alfabéticos permanecem aqui.
User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Colecção Vintage

Postby Cerridwen » 08 Feb 2009 15:31

Sexus
Henry Miller


Image

Editor: Edições ASA
Colecção: Colecção Vintage
Nº págs.: 528
ISBN: 9789892302409

SEXUS, o livro primeiro da trilogia “Rosa-Crucificação”, recorda, de forma ficcionada, a vida americana de Miller nos anos 20, quando, numa busca frenética por antídotos para o seu emprego monótono e a vida num “bairro morbidamente respeitável” com a sua mulher Maude, alimentou uma obsessão pela misteriosa e promíscua Mara.

Publicado originalmente em Paris em 1949, este picaresco e extraordinariamente sincero relato das escapadelas sexuais de Miller esteve proibido nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha durante quase vinte anos.

Henry Miller

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

A Terceira Condição

Postby Cerridwen » 19 Apr 2009 10:49

A Terceira Condição
Amos Oz


Image

Editor: Edições ASA
Colecção Vintage
N.º Páginas: 320
ISBN: 9789892300016

Um ponto de vista apaixonante sobre o conflito que opõe israelitas e palestinianos.

Fima é um sonhador totalmente incapaz de agir sobre a sua própria vida. Este homem de meia-idade sofre por sentir que decepcionou o seu pai ao acomodar-se a um emprego como recepcionista de uma clínica ginecológica, e a sua ex-mulher, a quem permitiu abandonar o casamento sem opor qualquer resistência. Fima também se decepciona a si próprio diariamente.

Fascinado pela carismática Annette, nada faz para se aproximar dela e mantém uma amizade estéril com Nina, para quem cada acto sexual dá azo a uma obsessiva espiral de limpeza pessoal e doméstica. Ele não consegue sequer matar uma barata sem que se sinta sufocar em reflexões sobre o povo judeu. Fima acabará, contudo, por ter o seu momento de redenção durante um passeio pelas ruas de Jerusalém, quando se pacifica por fim com o seu estatuto de judeu errante.

Amos Oz

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Colecção Vintage

Postby Cerridwen » 01 May 2009 16:47

O Livro do Riso e do Esquecimento
Milan Kundera


Image

Editor: ASA
Colecção: Colecção Vintage
Nº págs.: 224
ISBN: 9789892300481

Em 1971, três anos após a ocupação do seu país pelos Russos, Mirek – sob vigilância da polícia secreta – tenta recuperar as cartas de amor que escreveu a uma ex-namorada. Marketa e o marido, Karel, têm de lidar com a atitude cada vez mais infantil da mãe de Karel e, simultaneamente, com a amoral Eva e os desejos do passado. Numa pequena escola de Verão francesa, duas raparigas americanas aprendem as lições do riso. Jan, de 41 anos, prepara-se para atravessar diversas fronteiras – geográficas, existenciais e eróticas – para ter uma nova vida nos Estados Unidos. E Tamina, a quem o exílio obriga a trabalhar como camareira, luta desesperadamente contra o esquecimento, que começa a esfumar a recordação do seu falecido marido. A história desta bela exilada contém as verdades fundamentais do livro: a experiência trágica da Primavera de Praga e a vida no mundo ocidental. Política e erotismo, humor e tristeza, utopia e quotidiano; contrastes que alimentam este “romance em forma de variações”, que é não mais que uma viagem ao coração da existência humana no século XX. Num mundo onde a História pode ser reescrita de dia para a noite e em que o amor pode ser vítima quer da intromissão política, quer da traição pessoal, estas são histórias de homens e mulheres a viver um esquizofrénico quotidiano de opressão pública e desejos privados.

Milan Kundera nasceu na República Checa, em 1929, e vive em França desde 1975. Entre outros prémios, recebeu, pelo conjunto da sua obra, o "Commom Wealth Award"(1981) e o "Prémio Jerusalém"(1985).

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Colecção Vintage

Postby Cerridwen » 06 Nov 2009 19:46

Servidão Humana
Somerset Maugham


Image

Editor: Edições Asa
ISBN: 9789892306483
Colecção: Vintage
Traduzido do inglês por Ana Maria Chaves
Título original: Of Human Bondage
Páginas: 704
Classificação: Romance
Data de publicação: 19 de Novembro/2009

Sinopse: «Servidão Humana é um dos romances mais emblemáticos do século XX e a obra-prima de Somerset Maugham. Esta narrativa clássica de entrada na idade adulta conta a história de Philip Carey, alter ego do autor na sua juventude, dividido entre o fervor religioso da família e o desejo de liberdade que os livros e os estudos lhe dão a conhecer. Na sua ânsia por independência e aventura, Philip sai de casa em busca de uma carreira como artista em Paris. Mas os seus planos vão ser postos em causa quando se apaixona perdidamente pela mulher que mudará a sua vida para sempre.

Relato inigualável sobre o poder do desejo e da sede de liberdade do homem moderno, Servidão Humana coloca-nos friamente perante a nossa própria visão da vida, as nossas dúvidas e o poder transformador das decisões.»

William Somerset Maugham é um ficcionista inglês nascido em Paris, em 1874. Cedo ficou órfão e foi educado por um tio, vigário de Whitstable. Estudou Medicina na Alemanha e em Londres, mas nunca excerceu. Realizou diversas actividades, inclusivé, foi condutor de ambulâncias durante a Primeira Guerra Mundial e espião. Viajou por vários locais e em 1928, adquiriu uma propriedade na Riviera francesa. Algumas das suas obras mais conhecidas são, o romance O Fio da Navalha, Paixão em Florença, A Lua e Cinco Tostões, As Paixões de Julia e O Véu Pintado. Em 1947, instituiu o prémio Somerset Maugham Award, que foi atribuído a escritores como V. S. Naipaul, Alan Hollinghurst, Julian Barnes e Zadie Smith.

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Servidão Humana

Postby Cerridwen » 11 Nov 2009 16:01


User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Servidão Humana

Postby Cerridwen » 12 Nov 2009 12:50

Leitura dos primeiros capítulos de Servidão Humana: http://asavintage.blogs.sapo.pt/14022.html

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Servidão Humana

Postby Samwise » 12 Nov 2009 13:30

Alguém me saberá dizer se isto resultou de uma nova tradução, ou é o mesmo texto num invólucro renovado?
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

srd
Dicionário
Posts: 534
Joined: 22 Feb 2008 11:59
Contact:

Re: Servidão Humana

Postby srd » 20 Nov 2009 16:36

Samwise wrote:Alguém me saberá dizer se isto resultou de uma nova tradução, ou é o mesmo texto num invólucro renovado?

Eu penso que se trata de uma nova tradução. O tradutor da edição Livros do Brasil é António Barata.

SD

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Plexus

Postby Cerridwen » 09 Jan 2010 15:45

Plexus
Henry Miller


Imagem da capa

Editor: Edições Asa
Colecção Vintage
ISBN: 9789892306865
Classificação: Literatura erótica
Páginas: 592
Data de publicação: 14 de janeiro/2010

Sinopse: «Plexus é o romance central da trilogia Rosa-Crucificação, iniciada com Sexus. Relato ficcionado da frenética e extraordinária vida de Henry Miller com a sua sensual segunda mulher, Mona, em Nova Iorque, é um testemunho da caótica metamorfose do autor e do seu absoluto amor pela vida. Encorajado por Mona e ansioso por se dedicar à escrita, Henry Miller abandona o seu emprego estável na Companhia Telegráfica Cosmodemónica. O quotidiano transforma-se então numa inglória mas sempre criativa luta pela sobrevivência, em que ambos são desesperadamente pobres e absurdamente felizes. Nos seus relatos de uma vida simultaneamente sublime e miserável, PLEXUS é, acima de tudo, uma história de amor – o amor incondicional e obsessivo que Miller sente por Mona, apesar dos seus defeitos; pela vida, apesar dos seus muitos reveses; e pela língua inglesa.

Publicado originalmente em Paris em 1953 e proibido nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha durante quase quinze anos, Plexus é uma erótica celebração de uma vida dissoluta.»

Henry Miller é um escritor norte-americano, nascido em Nova Iorque, em 1891. Teve vários empregos. Começou a escrever por incentivo de uma das suas várias mulheres. Foi viver para Paris em 1930. Também em Paris foi publicado o seu romance, Tropic of Cancer (Trópico de Câncer), em 1934. Seguiram-se obras como Tropic of Capricorn (Trópico de Capricórnio, em 1939), The Colossus of Maroussi e The Air-Conditioned Nightmare. Em 1944 mudou-se para a Califórnia, nos Estados Unidos, onde escreveu a trilogia da Rosa-Crucificação, composta por Sexus (1949), Plexus (1953) e Nexus (1959). Algumas dessas obras foram banidas durante vários anos em vários países, devido ao seu carácter sexualmente explícito. Nos estados Unidos Trópico de Câncer foi publicado apenas em 1961. Com o tempo tornou-se conhecido e foi considerado como uma figura de relevo na luta pela liberdade. Morreu em 1980, na Califórnia.

Mais informação sobre o autor em: http://asavintage.blogs.sapo.pt/3247.html

Excertos de críticas à obra: http://asavintage.blogs.sapo.pt/17781.html

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Plexus

Postby Cerridwen » 12 Jan 2010 14:00

Está disponível para leitura o primeiro capítulo de Plexus: http://asavintage.blogs.sapo.pt/18068.html

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Colecção Vintage

Postby Cerridwen » 04 Aug 2010 18:33

O Fio da Navalha
William Somerset Maugham


Image

Editora: Edições Asa
Colecção Vintage
ISBN: 9789892309422
Classificação: Literatura
Páginas: 332
Data de publicação: 5 de Agosto de 2010

Apresentação (do blogue da colecção): «Quando um amigo e colega de combate morre ao tentar salvá-lo, a vida de Larry Darrell muda para sempre. Para o jovem aviador americano, a morte passa então a ter um rosto. O inexorável mistério da morte leva-o a questionar o significado último da frágil condição humana e a embarcar numa obstinada e redentora odisseia espiritual.

Ao recusar viver segundo as convenções impostas pela sociedade para buscar o sentido da vida (que encontrará, certa manhã, algures na Índia), Larry torna-se simultaneamente uma frustração para os que o rodeiam – principalmente para Isabel, a namorada, e Elliott, tio desta, que cultivam acima de tudo a aceitação e o prestígio sociais – e a personificação de um ideal de espiritualidade e não-compromisso.

Por duas vezes adaptado ao cinema, O Fio da Navalha é um romance intemporal. As ansiedades e dúvidas de Larry são também as nossas; continuamos até hoje a buscar um sentido para a nossa existência. Para encarnar essa luta contra o destino, Somerset Maugham criou um dos mais fascinantes personagens do seu vasto legado literário. Da Primeira à Segunda Guerra Mundial, passando pela Grande Depressão, ele leva-nos, através das sociedades francesa, americana e inglesa, à verdade mais recôndita da alma e do sentimento humanos.»

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Colecção Vintage

Postby Cerridwen » 07 Sep 2010 09:12

Sono Crepuscular
Edith Wharton


Image

Editora: Edições Asa
Colecção Vintage
ISBN: 9789892310022
Nº págs.: 304

Sinopse: «Com a cosmopolita cidade de Nova Iorque como pano de fundo, a família Manford refugia-se nas mais variadas formas de evasão para fugir ao tédio e ao vazio das suas vidas privilegiadas. No mundo da alta-sociedade a que pertencem, abundam o sexo, as drogas, a ânsia por dinheiro e poder, a atracção pelo oculto e pela espiritualidade new age. Nona é a filha mais nova e com apenas 19 anos ambiciona mais do que a busca de prazer imediato adoptada pela maioria dos jovens da sua idade. Numa época cuja prioridade é dada a relacionamentos superficiais, ela procura uma existência com sentido, algo que partilha com o meio-irmão, Jim. Mas a mãe de ambos, Pauline, tem da vida uma visão bastante mais utilitária e hedonista. A sua obsessão com as aparências vai forçá-los a assumir posições extremas e ditar irremediavelmente o futuro de todos.

Sono Crepuscular poderia ter sido escrito no século XXI e ter como protagonistas os membros de uma família moderna. Mas, na verdade, a grande senhora das letras americanas, Edith Wharton, escreveu-o no início do século passado e retratou os loucos anos vinte em toda a sua duplicidade: a sensualidade dos clubes de jazz, a elegância permissiva da vida social, mas também o vazio das vidas vividas a curto prazo, a falta de horizontes, a futilidade e os excessos de uma juventude desalentada. Assistimos ao cair do pano sobre o palco da Nova Iorque dos antigos valores, à medida que as artes e o cinema se impõem e dão início a todo um fantástico mundo novo, neste que será sempre um dos grandes “clássicos” sobre a alta sociedade do início do século XX e a derrocada dos seus valores tradicionais.»

Edith Wharton nasceu em 1862. É autora de obras como A Idade da Inocência, Ethan Frome, Jovens Rebeldes e A Casa da Felicidade. Foi a primeira mulher distinguida com o Prémio Pulitzer de Ficção, nomeada doutora honoris causa pela Universidade de Yale e eleita para a Academia Americana de Artes e Letras.

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Colecção Vintage

Postby Cerridwen » 22 Apr 2011 11:17

O Véu Pintado
Somerset Maugham


Image

Editora: Edições Asa
Colecção Vintage
ISBN: 9789892313191
N.º de páginas: 296
Título original: The Painted Veil
Traduzido do inglês por Ana Maria Chaves

Sinopse: «Kitty sente-se prisioneira de um casamento infeliz e de um estilo de vida que está longe de ser aquele que sonhou para si. Sem que tivesse obtido a notoriedade social que desejava e afastada do seu país e da família devido à profissão do marido – bacteriologista destacado para Hong Kong –, a jovem acaba por encontrar algum consolo numa relação extraconjugal. Mas a traição acaba por ser descoberta pelo marido, que leva a cabo uma estranha e terrível vingança.

Através do despertar espiritual da adorável e fútil Kitty, Somerset Maugham pinta um retrato vívido da presença britânica na China e apresenta-nos uma galeria de personagens inesquecíveis.

O Véu Pintado foi por três vezes adaptado para o cinema: em 1934, num filme protagonizado por Greta Garbo; em 1957, com Bill Travers e Eleanor Parker; e em 2006, num filme realizado por John Curran, com Edward Norton e Naomi Watts nos principais papéis.»

Leitura do primeiro capítulo do livro: http://www.asa.pt//s_leitura/leitura_download/o-veu-pintado.pdf

User avatar
pageHunter
Edição Limitada
Posts: 1220
Joined: 28 May 2009 13:05
Location: Coimbra - Portugal
Contact:

Re: Colecção Vintage

Postby pageHunter » 29 Apr 2011 21:50

Quanto ao livro não sei, mas adoro este filme (o do Edward Norton)...
Read
Mataram o Sidónio!, Francisco Moita Flores
Different Seasons, Stephen king
The Great Gatsby, F. Scott Fitzgerald

Reading
Sunset Park, Paul Auster



Whatchlist2012@IMDB Watchlist2013@IMDB


Return to “Vários”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron