Opiniões ao Jornal Fantástico n.º 1/2

O nome diz tudo, certo?
User avatar
Anibunny
Edição Única
Posts: 2814
Joined: 10 Jun 2009 23:11
Location: Porto
Contact:

Re: Opiniões ao Jornal Fantástico n.º 1/2

Postby Anibunny » 26 Sep 2010 13:03

Algumas cenas de Bruno deixaram-me a pensar que a autora tem pouco ou nenhum conhecimento dos reais métodos de interrogatórios, já para não falar do modo de vida em comuna de resistência armada. Seria plausível que um interrogador/torturador anunciasse ao cativo que 'Depois começo a fazer-te coisas cruéis.'?


Penso que se pensarmos na prosa geral da Carla Ribeiro teremos de imaginar algumas cenas de diálogos em inglês. É preciso imaginar os diálogos como se estivéssemos num filme para a coisa correr bem. Por exemplo no livro "Senhores da Noite":

- Delan Erysius. É impossível que sejas assim tão estúpido... Como é possível que te tenhas deixado capturar numa missão tão fácil? Devia deixar-te à mercê da inútil da minha irmã. Enquanto ela se divertia contigo, podia enviar informadores mais úteis, sem que ela se apercebesse disso.


Em português (pessoalmente) fica horrível, parece algo foleiro, mas se trasnformassemos em inglês:

- How could you be so stupid, Delan? How can anyone be captured on such an easy mission?
... e daí... esqueçam nem em inglês fica bem :(

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Opiniões ao Jornal Fantástico n.º 1/2

Postby Thanatos » 26 Sep 2010 13:11

Desculpa Ani mas não concordo minimamente. A Carla, tanto quanto eu saiba é portuguesa, o Correio do Fantástico é português, eu sou português e o texto dela foi, também tanto quanto eu saiba, escrito originalmente em português. Poquê a desculpabilização do 'tenta imaginar isto em inglês'? E porquê inglês? Já que estamos nisso podemos escrever como quisermos e depois alegar: ahhh, sabes, se imaginares isso em crioulo até que não fica nada mal. Mas que raios de argumentação é essa?

Outra coisa que quero frisar e já me vai cansando ter de fazer sempre este àparte é que, independentemente da Carla ser a rapariga mais porreira deste mundo e arredores isso não faz com que se tenha de ser mais carinhoso e meigo com as opiniões ao que ela escreve. Seria um mundo perfeito se todos os bons escritores fossem uns porreiraços e se os maus fossem uns pulhas. Mas a verdade é que eu nunca na vida me daria com uma personalidade como o Hemingway, por exemplo, ou com um neurótico como o Kafka, e no entanto considero-os génios literários. Há que saber separar as águas e aqui o que estou a escrever são as minhas opiniões sobre a matéria escrita e não as minhas opiniões sobre as personalidades que escreveram os textos.

Compreendido?
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
grayfox
Edição Única
Posts: 4203
Joined: 01 Jul 2008 16:20
Location: Braga
Contact:

Re: Opiniões ao Jornal Fantástico n.º 1/2

Postby grayfox » 26 Sep 2010 15:07

Thanatos wrote:Outra coisa que quero frisar e já me vai cansando ter de fazer sempre este àparte é que, independentemente da Carla ser a rapariga mais porreira deste mundo e arredores isso não faz com que se tenha de ser mais carinhoso e meigo com as opiniões ao que ela escreve. Seria um mundo perfeito se todos os bons escritores fossem uns porreiraços e se os maus fossem uns pulhas. Mas a verdade é que eu nunca na vida me daria com uma personalidade como o Hemingway, por exemplo, ou com um neurótico como o Kafka, e no entanto considero-os génios literários. Há que saber separar as águas e aqui o que estou a escrever são as minhas opiniões sobre a matéria escrita e não as minhas opiniões sobre as personalidades que escreveram os textos.

Compreendido?


Essa historia já é velha, espero que não seja necessário dizer isto tudo de cada vez que se emite uma opinião.

O conto da Carla Ribeiro foi o que mais me surpreendeu, se calhar porque estava é espera da purple prose dos Senhores da Noite. Não reparei nas inverosimilhanças que o Thanatos viu e se calhar ao reler ia ficar com outra ideia do conto. Mesmo assim não pinto a manta tão negra, por momentos pensei que estava a ler o escrutinanço do pco69 :P
A melhor assinatura chinesa da actualidade.

User avatar
Anibunny
Edição Única
Posts: 2814
Joined: 10 Jun 2009 23:11
Location: Porto
Contact:

Re: Opiniões ao Jornal Fantástico n.º 1/2

Postby Anibunny » 26 Sep 2010 15:18

Essa historia já é velha, espero que não seja necessário dizer isto tudo de cada vez que se emite uma opinião.
Pelos vistos deve haver ainda pessoa que não conseguem dividir o autor em si, da obra por ele criada...

T não estou a dizer que ela escreveu em inglês, mas PESSOALMENTE existem coisas que lidas noutra língua, ficam mais engraçaditas. Falei em inglês por causa das frases pseudo-hollywoodescas, mas se quiseres já imaginei muito poema português em alemão x) E até que nem ficavam mal :P

User avatar
grayfox
Edição Única
Posts: 4203
Joined: 01 Jul 2008 16:20
Location: Braga
Contact:

Re: Opiniões ao Jornal Fantástico n.º 1/2

Postby grayfox » 26 Sep 2010 15:26

Anibunny wrote:
Essa historia já é velha, espero que não seja necessário dizer isto tudo de cada vez que se emite uma opinião.
Pelos vistos deve haver ainda pessoa que não conseguem dividir o autor em si, da obra por ele criada...

T não estou a dizer que ela escreveu em inglês, mas PESSOALMENTE existem coisas que lidas noutra língua, ficam mais engraçaditas. Falei em inglês por causa das frases pseudo-hollywoodescas, mas se quiseres já imaginei muito poema português em alemão x) E até que nem ficavam mal :P


És capaz de ter alguma razão, não que sirva de justificação, mas a purple prose que ela usa nos seus livros resulta muito melhor em inglês.
A melhor assinatura chinesa da actualidade.

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Opiniões ao Jornal Fantástico n.º 1/2

Postby Thanatos » 02 Oct 2010 11:02

Li "Space Oddity" de Regina Catarino. É uma vinheta que tal como o título aponta passa por oddity. Bem estruturada em termos de ritmo deixa um travo doce-amargo na boca. Como a despedida dum amigo. Gostei.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
DreamGazer
Comic Book
Posts: 151
Joined: 10 Jan 2009 15:27
Contact:

Re: Jornal "Conto Fantástico"

Postby DreamGazer » 10 Oct 2010 22:23

pco69 wrote:A partir do blog da acrisalves, (http://acrisalves.wordpress.com/), cheguei a um blog com opiniões sobre o jornal.
http://florestadelivros.blogspot.com/20 ... co-12.html

Contem uma troca interessante de opiniões entre a bloguista (Ana C. Nunes) e o João Rogaciano, autor do primeiro conto. :bbde:


Ia deixar aqui a minha opinião, mas afinal não é preciso porque o post já foi mencionado (sou a dita bloguista) ^_^

User avatar
Ripley
Edição Limitada
Posts: 1219
Joined: 30 Jan 2009 02:10
Location: Under some mossy rock
Contact:

Re: Jornal "Conto Fantástico"

Postby Ripley » 11 Oct 2010 11:45

DreamGazer wrote:Ia deixar aqui a minha opinião, mas afinal não é preciso porque o post já foi mencionado (sou a dita bloguista) ^_^


Ah, então foste tu quem achou que "quando as viagens no espaço se tornarem comuns" já não se ouve Bowie... :P
Só quero deixar-te o àparte de que o Space Oddity ficou ainda mais pequeno do que o original por causa do espaço de página disponível. Sendo já de si um texto diminuto, as pausas eram importantes mas... não foi possível mantê-las na formatação. <_<

(caso queiras aprofundar o "debate" podemos passar à estante onde está arrumado :mrgreen: )
"És a metade que me é tudo." [Pedro Chagas Freitas]
---§§§---
"O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende." [Miguel Esteves Cardoso]

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Opiniões ao Jornal Fantástico n.º 1/2

Postby Thanatos » 11 Oct 2010 18:25

A entrevista a João Barreiros será interessante para quem seja novato nas andanças do fandom de fantástico nacional. Para quem, como eu, já o conhece há uma trintena de anos o discurso continua, com umas nuances aqui e acolá, a ser igual. O que pode ser visto de duas formas: ou Barreiros cristalizou na percepção que tem das coisas ou as coisas, de facto, não evoluíram nada. Aliás nas palavras dele até regrediram. Lê-se com agrado mais que não seja pelo humor sarcástico e cínico que envolve a visão do autor sobre o que o rodeia.

A rubrica Memórias da Ficção Científica regressa recordando Romeu de Melo. Muito mais interessante que a anterior, nesta percebe-se o quanto a figura do filósofo e autor de FC marcou Holstein pelo tom saudoso com que evoca o amigo. Para os mesmo novatos que acima não conhecem Barreiros este texto é imprescindível num tempo em que a memória recua apenas, na melhor das hipóteses, até aos anos 80 e onde tudo é visto como grande novidade e grande audácia quando, afinal, já outros, com meios mais parcos mostraram saber fazê-lo.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
acrisalves
Edição Única
Posts: 3490
Joined: 29 Dec 2004 13:53
Location: In a florest mist
Contact:

Re: Opiniões ao Jornal Fantástico n.º 1/2

Postby acrisalves » 13 Oct 2010 11:18

A rubrica Memórias da Ficção Científica regressa recordando Romeu de Melo. Muito mais interessante que a anterior, nesta percebe-se o quanto a figura do filósofo e autor de FC marcou Holstein pelo tom saudoso com que evoca o amigo. Para os mesmo novatos que acima não conhecem Barreiros este texto é imprescindível num tempo em que a memória recua apenas, na melhor das hipóteses, até aos anos 80 e onde tudo é visto como grande novidade e grande audácia quando, afinal, já outros, com meios mais parcos mostraram saber fazê-lo.


That's me :P e a minha memória recua apenas até aos anos 90.

User avatar
Gaminha
Edição Limitada
Posts: 1363
Joined: 10 Jun 2009 16:53
Location: Porto
Contact:

Re: Opiniões ao Jornal Fantástico n.º 1/2

Postby Gaminha » 15 Oct 2010 14:19

Mister Thanatos, e que tal dizer algo sobre o meu conto em vez de andar a arreliar-me?
Hmm! :pissed:

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Opiniões ao Jornal Fantástico n.º 1/2

Postby Thanatos » 15 Oct 2010 17:07

Mas estou a arreliar porquê? :blink:

Antes do teu conto está o do Pedro Pedroso.

Cometas Extintos é o primeiro conto da revista que leio com um real background de sci-fi, mesmo que seja uma sci-fi que me lembra mais o Halo que o Endymion. Gostei das ideias como a dos fatos simbióticos - a provar que a FC é também a literatura das ideias -, e gostei do enredo que embora previsível continha na génese uma lógica interna muito mais apurada que, por exemplo, o conto da Carla ou a confusão do texto do Rogaciano. Não irei aqui desvendar qual o ponto principal do plot porque estragaria a surpresa mas basta pensar que milhentas incursões militares usaram já em tempos esta mesma táctica. No fundo um conto curtinho mas com maturidade suficiente para se destacar do conjunto dos seus pares neste número. Foi uma agradável surpresa conhecer o Pedro Pedroso a escrever neste género e tenho pena de não ter sido eu o primeiro editor dele.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Gaminha
Edição Limitada
Posts: 1363
Joined: 10 Jun 2009 16:53
Location: Porto
Contact:

Re: Opiniões ao Jornal Fantástico n.º 1/2

Postby Gaminha » 15 Oct 2010 17:38

Thanatos wrote:Mas estou a arreliar porquê? :blink:


No mail.... :( estiveste a arreliar-me.

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Opiniões ao Jornal Fantástico n.º 1/2

Postby Thanatos » 15 Oct 2010 17:41

Gaminha wrote:
Thanatos wrote:Mas estou a arreliar porquê? :blink:


No mail.... :( estiveste a arreliar-me.



Como assim? Só quis esclarecer uma dúvida e foi para não assacar com isso ao teu texto. Faço sempre isso quando tenho dúvidas se «a culpa» é do escritor ou do editor ou whatever. Embora a maior parte das pessoas pense o contrário tento sempre ser justo e ponderado.

Mas se o facto de te ter perguntado uma simples coisa te arreliou se calhar é melhor saltar o teu conto e ir logo para a entrevista ao Afonso Cruz. Assim de repente fiquei com medo de represálias. :blink:
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Gaminha
Edição Limitada
Posts: 1363
Joined: 10 Jun 2009 16:53
Location: Porto
Contact:

Re: Opiniões ao Jornal Fantástico n.º 1/2

Postby Gaminha » 15 Oct 2010 17:45

Thanatos wrote:
Gaminha wrote:
Thanatos wrote:Mas estou a arreliar porquê? :blink:


No mail.... :( estiveste a arreliar-me.



Como assim? Só quis esclarecer uma dúvida e foi para não assacar com isso ao teu texto. Faço sempre isso quando tenho dúvidas se «a culpa» é do escritor ou do editor ou whatever. Embora a maior parte das pessoas pense o contrário tento sempre ser justo e ponderado.

Mas se o facto de te ter perguntado uma simples coisa te arreliou se calhar é melhor saltar o teu conto e ir logo para a entrevista ao Afonso Cruz. Assim de repente fiquei com medo de represálias. :blink:


Pois realmente, ainda por cima, amanhã estaremos juntos e eu ainda tenho uns 15 cm mais que tu. :twisted:

O arreliar era em relação ao "e então gostaste do conto?" e tu "Isso terás de ler depois".

Por isso é que pensei que já tivesses lido e estivesses só a arreliar-me! Desculpa pelo equivoco, volto para o meu canto em silencio! :X


Return to “Fanzines/Ezines”




  Who is online

Users browsing this forum: Bing [Bot] and 2 guests

cron