Pay What You Want, Crowdfunding, etc.

Obras Portuguesas em Domínio Público
User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Pay What You Want, Crowdfunding, etc.

Postby vampiregrave » 14 Oct 2013 21:56

Um tema em que tenho vindo a meditar recentemente. As obras disponibilizadas no âmbito do Projecto Adamastor, serão sempre disponibilizadas de forma gratuita, sem recurso a DRM, de modo a alcançar o maior número de leitores e, espero eu, a atrair mais pessoas para a leitura de obras que, em situações normais, ou seja, tendo que pagar por elas, ignorariam.
Os custos da actual plataforma são muito reduzidos; não é por isso que resolvi iniciar este tópico. Iniciei-o devido a algo que referi à uns tempos atrás: de que forma poderíamos melhorar a oferta do projecto caso existisse financiamento?

Mas vamos por partes. Como disse, TODOS os eBooks, artigos ou outras publicações disponibilizados no âmbito do projecto serão gratuitos. Assim sendo, só vejo duas fontes de receita (exceptuando o clássico botão de donativos):

Pay What You Want

Já me tinha ocorrido a ideia, mas só agora encontrei uma plataforma relativamente simples que permite esta opção (https://gumroad.com/):

You can let customers pay whatever they want for your content using our pay-what-you-want feature by adding a ‘+’ to a product's price (for example, “$5+”). Buyers will be able to pay that amount, or more! Pay-what-you-want products often make upwards of 20% more revenue.

You can also set a product's price to "$0+." — your customers won't have to enter credit card information for free sales, and you won't be charged. It's a great way to get valuable data from your audience in exchange for giving them great content.

For pay-what-you-want products, customers will also be able to “give more” by clicking a link on their receipt. This allows them to make an additional contribution at any time after their initial purchase.


Crowdfunding
Creio que não será necessário explicar o conceito. É um método que exige objectivos claros, ao nosso alcance e, claro está, atractivos para os leitores.

No entanto, como referi, nada disto valerá a pena se não existirem benefícios. Talvez o ideal seja apontar os problemas que existem de momento:
Colaboradores - O Projecto têm um número reduzido de colaboradores, o que tem impacto directo no número de obras que podemos publicar mensalmente.
Variedade de Conteúdos - É certo que começámos com um âmbito relativamente restricto mas, de modo a atingir um maior número de leitores, creio ser necessário diversificar os conteúdos, e não me refiro apenas aos eBooks. A publicação ocasional de artigos, e a conversão de obras brasileiras são dois passos importantes nesse sentido, mas ainda há um longo caminho a percorrer.
Publicidade - Até agora os blogs e as redes sociais têm sido os principais meios de divulgação do projecto, mas acredito que o recurso à publicidade poderia ser uma forma importante de atingir outra audiência e até trazer outra credibilidade ao projecto.

Dos pontos referidos, só o terceiro (que é o menos importante) parece ser facilmente resolvido com financiamento. Quanto aos restantes, colocar dinheiro à mistura pode até vir a piorar as coisas, introduzindo uma desnecessária burocracia.

Gostava, portanto, de ouvir a vossa opinião/sugestões.

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Pay What You Want, Crowdfunding, etc.

Postby Thanatos » 15 Oct 2013 00:56

Também é algo que ando a pensar e por acaso acabo sempre por esbarrar nalgumas barreiras.

Ora vejamos, o pay what you want é uma evolução do botão de "Donate". No ano e picos que tive o fanzine a funcionar online nunca ninguém clicou no bendito botão que lá tinha. Pode ter sido azar meu mas...

Já o crowdfunding e considerando que o projecto é para ser sempre grátis para mim tem o obstáculo de que tipo de perks se oferecem aos backers? Tem sido algo que tenho andado às voltas para implementar na ISF e ainda não consegui desatar o nó.

É que no meu ver se for grátis para todos que incentivos terão os backers? Na ISF ainda se podia arranjar uns autógrafos mas no Adamastor não estou mesmo a ver que aliciante teria um backer por contrapartida a um freeloader.

Quanto ao voluntariado, na minha opinião quando se começa a meter dinheiro ao barulho começa-se a pedir mais rigor e exigência e normalmente as coisas correm um bocado mal, mas isso acredito que é mais um problema de gestão que propriamente dos mecanismos de financiamento.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Pay What You Want, Crowdfunding, etc.

Postby vampiregrave » 15 Oct 2013 09:01

Thanatos wrote:Já o crowdfunding e considerando que o projecto é para ser sempre grátis para mim tem o obstáculo de que tipo de perks se oferecem aos backers? Tem sido algo que tenho andado às voltas para implementar na ISF e ainda não consegui desatar o nó.

É que no meu ver se for grátis para todos que incentivos terão os backers? Na ISF ainda se podia arranjar uns autógrafos mas no Adamastor não estou mesmo a ver que aliciante teria um backer por contrapartida a um freeloader.


O Crowdfunding não me parece, de facto, uma opção neste momento. No nosso país não é fácil obter financiamento através dessa via, e de momento não temos ainda nenhum objectivo estabelecido que necessite de uma quantidade considerável de dinheiro.

Thanatos wrote:Ora vejamos, o pay what you want é uma evolução do botão de "Donate". No ano e picos que tive o fanzine a funcionar online nunca ninguém clicou no bendito botão que lá tinha. Pode ter sido azar meu mas...


Não estou à espera de milagres :P Existindo a opção de descarregar os eBooks gratuitamente, e em diversas plataformas, é natural que a grande maioria opte por não dar qualquer contribuição. Mas também acredito que uma ou outra alma caridosa, ocasionalmente ache por bem contribuir para algo que lhe tem trazido benefício sem cobrar por isso. Talvez seja ingenuidade minha :mrgreen: Só mesmo testando.

Thanatos wrote:Quanto ao voluntariado, na minha opinião quando se começa a meter dinheiro ao barulho começa-se a pedir mais rigor e exigência e normalmente as coisas correm um bocado mal, mas isso acredito que é mais um problema de gestão que propriamente dos mecanismos de financiamento.


Eu nesse sentido tenho tentado dar o máximo de liberdade aos colaboradores; afinal de contas trata-se de um trabalho exigente e não remunerado, e para ter alguém a ditar ordens já nos basta o nosso emprego...
De qualquer das formas, assumindo que o modelo "pay what you want" trouxesse alguma receita, seria algo variável e pouco significativo, portanto, na melhor das hipóteses permitiria dar alguns incentivos ocasionais aos colaboradores (livros?), ou fazer pequenos investimentos, como a melhoria do website ou a publicidade.

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4347
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Pay What You Want, Crowdfunding, etc.

Postby Bugman » 15 Oct 2013 19:39

Bom, pelo que percebo de momento só há custos com a plataforma. Quando falas de reduzidos, estamos a falar na ordem de?...

A questão dos conteúdos "pagos" quando o objecto do site se mantém gratuito de facto levanta a questão de "o que financiamos?". A menos que se esteja a planear um jantar comemorativo do primeiro aniversário (e qualquer coisa).
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Pay What You Want, Crowdfunding, etc.

Postby vampiregrave » 15 Oct 2013 20:15

Bugman wrote:Bom, pelo que percebo de momento só há custos com a plataforma. Quando falas de reduzidos, estamos a falar na ordem de?...


É barato, cerca de 7-8 euros se tiver em conta o custo do domínio também.

Bugman wrote:A questão dos conteúdos "pagos" quando o objecto do site se mantém gratuito de facto levanta a questão de "o que financiamos?". A menos que se esteja a planear um jantar comemorativo do primeiro aniversário (e qualquer coisa).


O financiamento seria para a melhoria do projecto, mantendo-se a gratuitidade do conteúdo disponibilizado. Há sempre dois pontos que se podem melhorar: a quantidade de conteúdo e a qualidade desse mesmo conteúdo. Já estás para aí a pensar em comes e bebes :cheers:


Return to “Projecto Adamastor”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron