Ficção curta

Obras Portuguesas em Domínio Público
User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Ficção curta

Postby vampiregrave » 13 Feb 2014 23:15

Um questão que já ando a ponderar há algum tempo, e que voltou à tona com a recente entrada de novos colaboradores no projecto:
Devemos estabelecer um limite mínimo de palavras para obras publicadas no âmbito do projecto?

Até agora a obra mais curta que publicámos foi o Singularidades duma Rapariga Loura, com cerca de 9 mil palavras. Eu sou apologista da publicação de contos, mas julgo que se não estabelecermos um limite, corremos o risco de investir demasiado tempo na criação de algo que ocupará o leitor por apenas 5-10 mins, correndo também o risco de desequilibrar o catálogo do projecto a nível de categorias.

O que vos parece?

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5487
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Ficção curta

Postby pco69 » 14 Feb 2014 10:34

vampiregrave wrote:Um questão que já ando a ponderar há algum tempo, e que voltou à tona com a recente entrada de novos colaboradores no projecto:
Devemos estabelecer um limite mínimo de palavras para obras publicadas no âmbito do projecto?

Até agora a obra mais curta que publicámos foi o Singularidades duma Rapariga Loura, com cerca de 9 mil palavras. Eu sou apologista da publicação de contos, mas julgo que se não estabelecermos um limite, corremos o risco de investir demasiado tempo na criação de algo que ocupará o leitor por apenas 5-10 mins, correndo também o risco de desequilibrar o catálogo do projecto a nível de categorias.

O que vos parece?


Pessoalmente, sou adepto de calhamaços (que, obviamente, em ebook essa designação não cola bem :P ), pelo que dispenso a ficção curta.

No entanto, poderá ser tomada uma opção de 'editor' e agregar alguns contos curtos numa 'antologia' ou algo similar....

Ou então... sendo ebook mesmo, porquê limitar o tamanho? Seja para 'cima' seja para 'baixo'?

:)
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Ficção curta

Postby Samwise » 14 Feb 2014 10:43

vampiregrave wrote:Um questão que já ando a ponderar há algum tempo, e que voltou à tona com a recente entrada de novos colaboradores no projecto:
Devemos estabelecer um limite mínimo de palavras para obras publicadas no âmbito do projecto?

Até agora a obra mais curta que publicámos foi o Singularidades duma Rapariga Loura, com cerca de 9 mil palavras. Eu sou apologista da publicação de contos, mas julgo que se não estabelecermos um limite, corremos o risco de investir demasiado tempo na criação de algo que ocupará o leitor por apenas 5-10 mins, correndo também o risco de desequilibrar o catálogo do projecto a nível de categorias.

O que vos parece?


É uma questão pertinente. E o(s) conto(s) do Poe entra(m) ao barulho

Sugestões:
- Fazer agrupamentos daquilo que será ficção (ou não-ficção) curta (por temática ou por autor, por exemplo, ou incluir os tais textos críticos como sucede com "Os Canibais"). Enquanto não houver um mínimo de palavras/extensão, acumular em carteira o que estiver pronto.
- Criar uma "categoria de publicação" para separar trabalhos mais extensos de outros mais curtos (separa o catálogo em dois).
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Ficção curta

Postby vampiregrave » 14 Feb 2014 15:27

O problema da acumulação, e posterior publicação numa antologia, é o facto de, muito provavelmente, os contos serem revistos por pessoas diferentes. Não estando ainda estabelecidos critérios específicos de edição, é bastante provável a aplicação de diferentes critérios por pessoas diferentes, o que obrigaria a uma uniformização trabalhosa.

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Ficção curta

Postby vampiregrave » 14 Feb 2014 15:37

pco69 wrote:
Ou então... sendo ebook mesmo, porquê limitar o tamanho? Seja para 'cima' seja para 'baixo'?

:)


É mesmo pelos motivos que referi: existe uma componente fixa de trabalho para cada edição que pode não se justificar para lançar isoladamente um conto de 4-5 páginas; contribuir para uma fragmentação do catálogo, que é a imagem de marca de qualquer projecto desta natureza.


Return to “Projecto Adamastor”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron