APEL passa a cobrar por ISBN's

Obras Portuguesas em Domínio Público
User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

APEL passa a cobrar por ISBN's

Postby vampiregrave » 12 Dec 2014 21:49

Acabo de receber email acerca das novas regras a aplicar pela APEL em 2015:

No dia 31 de dezembro de 2014 a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros - APEL, Agência Nacional Portuguesa do ISBN, deixa de contar com o apoio financeiro da Secretaria de Estado da Cultura que, nos últimos anos, tem subsidiado uma parte dos custos operacionais da agência e tem permitido manter este serviço público gratuito. Por isso, a partir de 1 de janeiro de 2015 a APEL vê-se obrigada a cobrar este serviço, seguindo práticas e procedimentos que já vigoram em inúmeros outros países.


Tabela de preços aqui. Para o caso do Adamastor, cada ISBN passaria a custar 15 euros. Não é comportável, especialmente tendo em conta que teria de sacrificar o investimento em aquisição de edições de suporte ou reproduções da BNP. Já tinha pedido ISBN para maioria das obras que vamos lançar nos próximos meses mas, a partir daí, creio que teremos de sacrificar este ponto.

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4347
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: APEL passa a cobrar por ISBN's

Postby Bugman » 12 Dec 2014 23:53

Consoante o ritmo a que saiam isso pode-se discutir. É um pagamento único?
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: APEL passa a cobrar por ISBN's

Postby vampiregrave » 12 Dec 2014 23:57

Bugman wrote:Consoante o ritmo a que saiam isso pode-se discutir. É um pagamento único?


15€ + IVA por cada requisição. Podia meter do meu bolso, mas é dinheiro que poderá ser muito mais útil se investido em reproduções que nos permitam disponibilizar obras que não é possível encontrar online, ou para adquirir edições críticas, referências importantes no processo de revisão. Se pensarmos que devemos editar pelo menos uns 10 eBooks no próximo ano, estamos a falar de quase duzentos euros...

Edit: Em alternativa, poder-se-ia desde já elaborar uma lista de obras que devemos tratar a médio/longo prazo, e requisitar desde já os respectivos ISBN's.

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4347
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: APEL passa a cobrar por ISBN's

Postby Bugman » 13 Dec 2014 10:51

Eu tenho mais dois dias de net fiável para participar nessa discussão e claro que seria o melhor. Quanto ao resto, se tu adquirires as edições "especialíssimas" eu em princípio não tenho problemas em financiar um ebook por mês.
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: APEL passa a cobrar por ISBN's

Postby vampiregrave » 13 Dec 2014 11:33

Bugman wrote:Eu tenho mais dois dias de net fiável para participar nessa discussão e claro que seria o melhor. Quanto ao resto, se tu adquirires as edições "especialíssimas" eu em princípio não tenho problemas em financiar um ebook por mês.


Para já, passo a listar as obras para as quais já temos ISBN:
- A Morgadinha dos Canaviais
- Amor de Perdição
- Carlota Ângela
- Húmus
- Infelizes
- Quatro Novelas
- Só

Se requisitar talvez mais uns 5-6, prevenimos uma boa parte do custo para o ano que vem. Vou mandar email geral durante o fim-de-semana para saber que obras os restantes colaboradores têm em mente. Algumas das que espero tratar:

O Futuro à Janela - Luís Filipe Silva
Lisboa no Ano Três Mil - Cândido de Figueiredo
Causas da Decadência dos Povos Peninsulares nos Últimos Três Séculos, de Antero de Quental
Viagens na Minha Terra - Almeida Garrett
Sonetos Completos - Antero de Quental
Autos - Gil Vicente
A Estranha Morte do Professor Antena - Mário de Sá-Carneiro

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5487
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: APEL passa a cobrar por ISBN's

Postby pco69 » 13 Dec 2014 19:33

Bugman wrote:Eu tenho mais dois dias de net fiável para participar nessa discussão e claro que seria o melhor. Quanto ao resto, se tu adquirires as edições "especialíssimas" eu em princípio não tenho problemas em financiar um ebook por mês.

Um por mês, para mim tá escasso, mas disponibilizo-me para um a dois por ano. :angel:
Vamos montar um crowdfunding :P
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: APEL passa a cobrar por ISBN's

Postby vampiregrave » 13 Dec 2014 21:01

pco69 wrote:
Bugman wrote:Eu tenho mais dois dias de net fiável para participar nessa discussão e claro que seria o melhor. Quanto ao resto, se tu adquirires as edições "especialíssimas" eu em princípio não tenho problemas em financiar um ebook por mês.

Um por mês, para mim tá escasso, mas disponibilizo-me para um a dois por ano. :angel:
Vamos montar um crowdfunding :P


Acho que ninguém vai contribuir apenas para nos permitir colocar ISBN's nas nossas edições :P

Mas talvez tenhamos que voltar a debater a questão dos donativos.

User avatar
Anibunny
Edição Única
Posts: 2814
Joined: 10 Jun 2009 23:11
Location: Porto
Contact:

Re: APEL passa a cobrar por ISBN's

Postby Anibunny » 14 Dec 2014 00:12

Donativos parece-me bem :) Como gaja que oscila entre o pobre e muito pobre (para não dizer tesa), aprovo a cena dos donativos :) O problema com o crwodfunding é que temos de dar algo em retorno :| Ou seja íamos ter de criar "swag" e cenas para oferecer e como os nossos ebooks já são grátis não sei o que oferecer que valha 5€ de doação :( Pessoalmente acho que doações é porreiro. Nem que seja 1€, este Natal estão-me fartos de pedir guito para orfãos <_< Se pedirmos uns donativos para o IBSN e explicar a razão/motivo acho que o pessoal também não é assim tão chunga. Em ultimo caso, faz-se uma vaquinha e por edição cada membro dá 1€ para a compra do ISBN... não é que eu seja a favor porque tbh estou farta de chulos, é chulos no trabalho, chulos quando peço para embrulhar prendas e me fazem olhinhos para eu doar a uma criancinha... e tenho um ódio especial à APEL sendo do Norte e nunca me hei-de esquecer do quanto eles mataram a feira do livro :( Por isso não me apetece muito engordar os bolsos de chulos. Mas se o pessoal estiver de acordo em dar 1€ por cada livro que se publicar :)

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: APEL passa a cobrar por ISBN's

Postby vampiregrave » 14 Dec 2014 01:05

Crowdfunding seria complicado; como o nosso «produto» está disponível gratuitamente e sem restrições, não há grande incentivo. Já a possibilidade de doar parece-me mais razoável. Vou pensar no assunto,mas também não me agrada meter dinheiro no bolso daquele pessoal.

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5487
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: APEL passa a cobrar por ISBN's

Postby pco69 » 30 Sep 2015 13:50

https://bedeteca.wordpress.com/2015/09/ ... -gratuito/

(...)
passando a cobrar aos editores um custo por registo, a partir de 1 de Janeiro de 2015.
(...)
estabelece diferentes valores para pedidos de ISBN consoante a quantidade pedida.
(...)
APEL definiu um número mínimo de pedidos, seguindo o mesmo princípio economicista de “quanto mais, mais barato”, estando esse mínimo definido como cinco,
(...)
pedir 300 sai mais barato que pedir cinco
(...)

:whistle:
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...


Return to “Projecto Adamastor”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron