Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Notícias sobre publicações, editoras, autores, convenções, feiras e outras relacionadas com o mundo do livro
User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Postby pco69 » 16 May 2011 11:19

Algumas considerações sobre a FdL de Lisboa.

O espaço da Leya continua uma merda. Pode ser muito bonito e funcional para quem lá trabalha (eu não acredito nisso), mas para quem visita é uma bosta. Circulação muito apertada, Expositores com quase só novidades de um ou dois anos. :X Pessoas solicitas mas (presumo) que devido a serem de editoras diferentes têm falta de informação de algumas obras.
Caso se saiba já o que se procura, não é muito mau. Mas se for para 'xeretar', não dá jeito nenhum. :pipoca:
E para quem leva crianças.... :whistle:

Espaço Babel. Mais prático e bonito que o da Leya. Mas em dias de calor, estar lá dentro é como estar numa estufa. E são um bocado apertados. E reio que sofriam do mesmo mal da Leya. Material relativamente recente e alguma falta de material mais antigo. Com excepção da parte infantil. Essa estava bem composta. B)

Fui no penultimo dia da feira e tive azar. Alguns dos livros que levava numa lista, já estavam esgotados. Azar o meu. <_<

Nalguns alfarrabistas, vi á série do 'Primeiro Homem de Roma' da Coleen McCulhoug a um preço fantástico. 10 euros cada livro.
Informação. Passar sempre nos alfarrabistas quando se procuira um livro um pouco mais antigo. Poderá lá existir a um preço melhor que o da propria editora. :bye:
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4348
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Postby Bugman » 16 May 2011 19:41

Acho curioso que menciones os catálogos desses grupos disponíveis na Feira. Nas últimas passagens que fiz por lá (tenho estado ausente nos últimos 3 anos) já sentia um certo ar a: estes preços não são muito diferentes do que se faz lá fora. Não sei se se verifica, mas livros tão novos ainda devem cair na 'coisa' do preço único.

Outra situação que é curiosa, é que ainda há algum tempo por estas bandas havia umas queixas relativamente a guilhotinamentos e queimadelas de livros sem escoamento, por parte de um desses grupos. Então e na Feira (para quem lá foi)? Havia por lá vendas ou estava tudo a fazer cunhas à bonitas barracas?
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Postby pco69 » 20 May 2011 22:32

http://goncalomira.blogspot.com/2011/05 ... licas.html

O túnel da Babel. Quem foi à Feira ou leu textos sobre a Feira, percebe que possa existir uma frase que diga apenas “O túnel da Babel”. O resto autocompleta-se, como as pesquisas no Google. Por exemplo: o túnel da Babel era a coisa mais feia de toda a Feira.
(...)
túnel da Babel tem um ponto muito forte: dá para passar por fora e fingir que ele não existe. Neste ponto faço a minha vénia ao senhor Paulo Teixeira Pinto, o pai da Babel (e, que coisa curiosa, também presidente da APEL)
(...)
Percebe-se também que a Babel ofereça a possibilidade de não se passar pelo túnel, até porque do lado de fora do mesmo — passando, por isso, despercebidos a quem faz o túnel do princípio ao fim — existiam três pavilhões de, imagine-se, três associados da APEL, que pagaram (acredito eu) o mesmo valor pelo pavilhão do que pagaram os outros que não têm um túnel em frente. Portanto, o túnel não foi só a ideia mais absurda de sempre, foi também a mais desleal e desprezível — e nem sequer estou a ponderar, nesta conclusão, o facto de Paulo Teixeira Pinto (da APEL) e Paulo Teixeira Pinto (da Babel) serem uma e a mesma pessoa.
(...)
Pouco ou nada olhei para os livros da Leya e da Porto, mas pareceu-me que não havia nada que não houvesse na Fnac, o que é, no mínimo, lamentável.
(...)
De qualquer modo, alarmes à entrada e saída, seguranças, uma caixa central onde se vai pagar um livro de qualquer uma das editoras do grupo, tudo isto se parece demasiado com uma Fnac; com o acréscimo de que na Fnac há melhores livreiros. Aquilo não é propriamente parte da Feira. São duas livrarias essencialmente de novidades encaixadas no espaço da Feira.


Foi provavelmente por isso que só comprei livros na Assírio & Alvim, na Tinta-da-China e nos Alfarrabistas. Fui à Feira sobretudo para estar com as pessoas. E mesmo quando ia para ver livros, acabava por ficar retido na Assírio para mais uma imperial e dois dedos de conversa.

Um dos temas de que mais se falava por ali era a afamada Hora H: iniciativa de gosto duvidoso, que muitos adeptos tem granjeado,
(...)
Por outro lado, como é que os livreiros (aqueles que estão mesmo em livrarias, não na Feira) olham para a Hora H, onde o desconto é de 50% sobre o PVP, quando aquelas mesmas editoras vendem livros às livrarias com um desconto que não alcança, na maioria das vezes, os 40%? (Lembremo-nos que a APEL é a Associação Portuguesa dos Editores e Livreiros.) Não é de admirar, por isso, que haja livreiros a comprar livros em Hora H para depois os colocarem na sua livraria à venda pelo PVP, devolvendo ao editor aqueles que tinham recebido com um desconto de 30 e tal por cento.

E de quem é a culpa? Andam todos a comer-se uns aos outros, como os peixes do Padre Vieira, e não se dão conta disso. Depois os editores queixam-se das devoluções e dos livros que não duram um mês na livraria e os livreiros queixam-se das más condições oferecidas pelos editores. E a APEL, que é a associação desta gente toda, não parece estar nem aí para a coisa.

O que a APEL parece querer fazer, como em mais do que uma vez o Luís Guerra profetizou, é acabar com a Feira do Livro no Parque Eduardo VII. E agora o rumor já chegou às notícias. Os pavilhões, que são alugados, têm contrato para mais um ano. Depois disso, “a Associação Portuguesa dos Editores e Livreiros (APEL) pretende adotar um novo figurino, que ainda não revelou, para o certame em 2013,” noticiou a Lusa. Se haverá ou não um local melhor para a Feira, é discutível, mas tendo em conta que as pessoas que a organizam são lideradas pelo mesmo tipo que fez aquele túnel, não espero coisa boa. Colocar a Feira num espaço fechado parece-me um completo desvirtuar do que é a Feira. A Feira, como bem diz o Luís Guerra, não pode ser só um sítio onde os editores vão vender e os visitantes comprar. A Feira é um sítio onde as pessoas vão passear, onde os miúdos vão comer gelados e ver livros com bonecos, onde as pessoas vão beber um copo com os amigos, onde vão comer farturas, ou hambúrgueres ou cachorros cheios de molhos, onde se pode fumar e levar os cães a passear (ou, porque não, uma cabra). E se os senhores da APEL decidirem acabar com isto, fica aqui uma ideia: que se juntem os editores independentes, associem-se às barracas de comes-e-bebes, e deixem ir os verdadeiros otários para a FIL ou para o túnel do Marquês: ficava ali na mesma zona e muito ao gosto do presidente da APEL.
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
Anibunny
Edição Única
Posts: 2814
Joined: 10 Jun 2009 23:11
Location: Porto
Contact:

Re: Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Postby Anibunny » 21 May 2011 00:23

Hoje no Correio da Manhã

Festa do FC Porto compromete Feira do Livro

Os festejos dos últimos dois dias dos adeptos do FC Porto na Avenida dos Aliados, no Porto, pela conquista da Liga Europa provocaram "severos e alargados" danos nos pavilhões para a Feira do Livro.
Segundo apurou o Correio da Manhã, a Feira pode não arrancar na data inicialmente prevista ou a sua realização, em última instância, pode mesmo estar comprometida.
No domingo, os adeptos do FC Porto podem regressar à Avenida dos Aliados, uma vez que o clube orientado por André Villas-Boas disputa a Taça de Portugal com o Vitória de Guimarães.
Fonte do Comando da PSP/Porto disse não ter qualquer queixa sobre os estragos provocados.


:( Espero bem que seja mentira

User avatar
Lady Entropy
Papa-livros
Posts: 1094
Joined: 03 Oct 2009 12:09
Location: Porto, Portugal
Contact:

Re: Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Postby Lady Entropy » 21 May 2011 12:07

Detesto a feira do livro nos Aliados. A rua é a descer, logo em muitas barracas tenho que me por feita míuda em bicos de pé para conseguir ver os expositores.

Mais o barulho dos carros a passar a 3 metros de distância. E o belo do monóxido de carbono... mMMMmmm! Que bom!

Se chove, é um sarilho.
Se faz sol, é um sarilho.

Não tem onde sentar a descansar, para folhear um livro.

Lado bom - MacDonalds ali ao pé, bem como o Metro.

Pá, gostava MESMO que se voltasse ao Rosa Mota.
"I believe in pink. I believe that laughing is the best calorie burner. I believe in kissing, kissing a lot. I believe in being strong when everything seems to be going wrong. I believe that happy girls are the prettiest girls. I believe that tomorrow is another day and I believe in miracles."

— Audrey Hepburn

User avatar
Anibunny
Edição Única
Posts: 2814
Joined: 10 Jun 2009 23:11
Location: Porto
Contact:

Re: Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Postby Anibunny » 21 May 2011 13:16

Lady Entropy wrote:Detesto a feira do livro nos Aliados. A rua é a descer, logo em muitas barracas tenho que me por feita míuda em bicos de pé para conseguir ver os expositores.


Nós pegamos em ti ao colo x)
Mas agora a sério se não houver feira do livro é um "iscandalo"!!

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4348
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Postby Bugman » 21 May 2011 14:48

Não percebo como ter o McDonalds ao lado é bom. Se bem me lembro, um café com francesinhas, do lado direito de quem sobe para a câmara, que ali havia em 2000 era bem "mais melhor bom"!
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Postby Cerridwen » 21 Apr 2012 21:05

A 82.ª Feira do Livro de Lisboa, que começa na próxima quarta-feira, regista um menor número de participantes e pavilhões, prevendo-se a realização de debates sobre a problemática da tradução, adiantou à Lusa fonte da organização.
A Feira, organizada pela Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL), realiza-se no cenário tradicional do Parque Eduardo VII, a partir do próximo dia 23 de Abril, mas este ano «registaram-se menos inscrições», disse à Lusa a mesma fonte.

Miguel Freitas da Costa, secretário-geral da APEL, acrescentou que algumas editoras reduziram o número de pavilhões, enquanto outras se apresentam em associação, confirmando que este ano se «contam 206 pavilhões, menos 12 que o ano passado, e menos seis participantes», totalizando 112 entidades, segundo o responsável.

Quanto aos horários, de segunda a quinta-feira, a Feira abre às 12h30 e encerra às 23h; à sexta-feira, o encerramento é às 24h; ao sábado e na véspera do 25 de Abril, a Feira abre às 11h, encerrando às 24h; no domingo haverá feira das 11h às 23h.

A série de debates sobre tradução, intitulada 'Língua da Europa', contará com convidados internacionais, disse a organização, que referiu que é uma iniciativa em parceria com o Instituto Francês em Portugal e o Goethe Institut.

A programação cultural está a ser delineada pela empresa de consultoria Booktailors, que «apresentará um painel de debates, dos quais se destaca um dedicado ao Brasil e outros aos ‘Livros do Ano em Portugal’, nas áreas da ficção, da não-ficção e da literatura infanto-juvenil».

Fonte: Sol

Quetzal na 82ª Feira do Livro de Lisboa: http://quetzal.blogs.sapo.pt/340343.html

User avatar
nimzabo
Enciclopédia
Posts: 970
Joined: 26 Sep 2009 22:07
Contact:

Re: Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Postby nimzabo » 24 Apr 2012 23:04

Já fui e como de costume o que me interessa são os livros dos alfarrabistas e os da Bizâncio.
O resto é muito caro, mais vale comprar na feira da ladra.

Na banca da Bizâncio recomendo
- Feitos para a bondade ( http://www.goodreads.com/book/show/7096 ... r-goodness )
- Indomável - Uma luta pela Liberdade ( http://www.goodreads.com/book/show/201111.Unbowed - http://www.youtube.com/watch?v=gzp_GYVv7y0 )
- Quando um crocodilo come o Sol ( http://www.goodreads.com/book/show/1442 ... ts_the_Sun )
Os dois primeiros são de vencedores do prémio Nobel da Paz e o ultimo é a experiencia pessoal de um jornalista sobre o Zimbabué.
O preço dos três livros é surpresa.
O Indomável e o do Crocodilo já tinha comprado na feira no ano passado e oferecido a uma pessoa amiga.
Este ano (hoje) comprei 3 exemplares do 'Feitos para a bondade' para oferecer pois já li e sei que é excelente.

Quanto aos alfarrabistas a regra é cada livro ser 5€ e há paletes de boas oportunidades.
Comprei as Citações e Pensamentos do Fernado Pessoa e o Os peixes sabem Cantar do Laxness.
No ano passado pus-me a comprar livros a 5€ ao desbarato e quando cheguei ao fim da feira tinha gasto para aí uns 200€.
Este ano não pode acontecer o mesmo até porque já tenho imenso para ler.

E para mais de momento ando a digerir o D. Quixote. Não é uma leitura muito facil, é muito extensa e não é toda a gente que lhe vai achar interesse mas eu por acaso até estou a gostar bastante. Diz-me muito. Já li 210 de 950 páginas.

Boas leituras e boa feira.

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Postby Cerridwen » 27 Apr 2012 12:32

Mais informações sobre a Feira do Livro de Lisboa:

Livros do Dia e Programação geral - http://feiradolivrodelisboa.pt/
Grupo Leya na Feira: Site, Bisleya, 1001 Mundos
Grupo Saída de Emergência: Facebook, este ano com um pavilhão com livros a 5 euros
Quetzal: Blogue
Publicações Europa-América: Site
Relógio D`Água Editores: Blogue
Orfeu Negro: Site
Antígona: Site
Editorial Presença: Site
Grupo Porto Editora: Site

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Postby pco69 » 27 Apr 2012 13:20

Cerridwen wrote:Mais informações sobre a Feira do Livro de Lisboa:
(...)Grupo Leya na Feira: (...)

Olha se eu gostasse de livros assassinados.... :P

Autores (Leya) de quem tenho livros:

Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada
Afonso Cruz
Gonçalo M. Tavares
Inês Pedrosa
Manuel Alegre
Mia Couto
Pepetela
Raquel Ochoa
Alice Vieira
António Lobo Antunes
Richard Zimler
Cristina Norton
Ana Vidazinha e Hugo Teixeira
João Tordo
Rita Garcia
Rodrigo Guedes de Carvalho
António Borges Coelho
Francisco Moita Flores
Tiago Rebelo
Gonçalo M. Tavares
Lídia Jorge
Miguel Real
Paulo Moreiras
António Mota
António Torrado
José Eduardo Agualusa
Rui Lacas
Robert Wilson

:cheers:
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Postby pco69 » 02 May 2012 14:24

Image


(...)
Tenho dificuldade em entender como é que uma empresa que sempre declarou lucro, com pessoal formado e nome consolidado no mercado chegue, em apenas oito anos, a uma situação destas.
(...)

http://livrariapodoslivros.blogspot.pt/ ... elido.html
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
Anibunny
Edição Única
Posts: 2814
Joined: 10 Jun 2009 23:11
Location: Porto
Contact:

Re: Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Postby Anibunny » 02 May 2012 19:04

Eu vou ver se este ano não perco mesmo os livros da Maria Teresa Horta para ela assinar se for ao Porto :( Tenho aqui dois e gostaria de comprar mais 2 (As luzes de Leonor e o novo de poemas), mas como isto está só devo mesmo comprar o mínimo de livros possível...

User avatar
MAGG
Livro Raro
Posts: 2010
Joined: 11 Sep 2009 13:26
Location: Mar de Dentro ...
Contact:

Re: Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Postby MAGG » 10 May 2012 00:55

A feira do livro já não é o que era ... :ph34r:

Este ano a minha viagem à feira do livro tinha um objectivo : comprar o "Beatles" do Lars Saabye Christensen a um "preço de feira".

Alguns dias anteriores, durante a feira da Bertrand no forúm Almada,
descobri o dito a 3 €.
Pensei logo : Bom se na Bertrand está a este preço , então ...na Feira do Livro o mesmo deve estar ainda mais barato ! :angel:

Pensei mal.

Na feira do livro chego à banca da Cavalo de ferro e vejo logo o livro no mostrador : Boa - pensei eu - está cá o volume pretendido. Pergunto o preço e pimba: o mesmo encontra-se marcado com o preço de 5 € . :X

Aprendemos sempre algo novo na epopeia da comparação de preços entre os distribuidores de livros.

É oficial ... a Bertrand consegue fazer preços 40 % mais baratos que a própria editora na Feira do Livro.
Nunca mais cairei no preconceito de que a Bertrand consegue sempre pôr os preços mais elevados no mercado.

Voltei à dita porque apesar da feira outlet bertrand ter terminado muitas vezes encontro os mesmos volumes à venda na loja mesmo ao lado :) .
Erro nº 2 : o volume estava esgotado naquela loja ...esperançada pergunto ao empregado se existirá algum volume perdido pelas restantes representações bertrandianas por este país fora.
Sim , responde, ainda existem exemplares na loja de Coimbra. Boa ... e já agora qual o preço ( é que nestas coisas uma pessoa já começa a desconfiar) ? resposta: 24.90 €. :ph34r: :ph34r: :ph34r:
O quê ? Como é que o mesmo livro passa de 3 € para 24.90€ em menos de um mês ?
( riscar a aprendizagem acerca de um tal preconceito acima enunciada :whistle: ).

Óbviamente não trouxe. Ah deve de existir na fnac ...pensei eu . E existe ... apenas num pack de 3 livros marcado a 63.6 €.
Azar :( ... bom será que o mesmo pack estará à venda na Bertrand ? ...Está. Preço marcado ? 25 €. :blink:

Conclusão : a Bertrand consegue fazer preços mais baratos que a Feira do Livro e que a Fnac para depois em menos de um mês fazer um aumento de 88 % e pôr o preço de um livro igual ao pack de 3 livros onde o mesmo está inserido .

:mellow: - Não percebo a lógica de preços destas lojas.

Nota mental: Nunca mais ser garganeira e comprar logo no outlet. :mrgreen:

User avatar
nimzabo
Enciclopédia
Posts: 970
Joined: 26 Sep 2009 22:07
Contact:

Re: Feiras do Livro de Lisboa e do Porto

Postby nimzabo » 10 May 2012 12:06

A cavalo de Ferro é das mais caras na feira do livro e nunca aderiu à hora H.
Mas também não é só na Cavalo de Ferro que isso acontece, de terem as próprias editoras livros mais caros que algumas lojas em certas alturas.


Return to “Notícias Literárias”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 3 guests

cron