Lembras-te?

User avatar
Drops
Dicionário
Posts: 709
Joined: 04 Jan 2005 03:49
Location: somewhere over the rainbow
Contact:

Lembras-te?

Postby Drops » 05 Jan 2005 15:09

Lembras-te mãe, quando eu era criança, e tu deixavas os teus afazeres apenas para brincares um bocadinho comigo?
Lembras-te quando te rias com vontade? Aquelas tuas gargalhadas que enchiam a sala?
Lembras-te o prazer que te dava o Natal, o ver-nos todos eufóricos de roda dos presentes? Que nem sempre eram muitos, mas que nos davam sempre um brilho especial nos olhos…
Lembras-te como fazias directas apenas para conversares connosco?
Lembras-te como éramos felizes? O que nos aconteceu mãe?
Porque é que já não oiço as tuas gargalhadas a ecoarem pela casa? Porque é que já não falamos até altas horas? Porque é que o Natal já não me dá o brilho nos olhos?
Será que eu mudei assim tanto? Onde está aquela criança atrevida e sorridente? Onde está aquela mãe orgulhosa e feliz? O que nos afastou mãe?
Porque é que já não me sento na mesa a ver-te fazer o jantar? Porque é que já não seco as minhas lágrimas no teu avental? Porque é que já não choro no teu ombro quando estou triste? Porque é que hoje me sinto responsável por ti, quando ainda tens tanto para me ensinar?
Ainda tens tanta vida e no entanto estás tão cansada mãe? Terei sido eu? As minhas birras? As minhas exigências? Os passos que não deste, para me ajudares a dar os meus?
Creio que nunca o vou saber, mas gostava de saber como encher novamente a casa com os teus risos.
Adoro-te!
(algures em 1998)
"I'm not crazy I'm just a little unwell..."

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Lembras-te?

Postby Cerridwen » 05 Jan 2005 17:07

Gostei deste texto B) , embora não estaja muito profundo, está simples e apelativo tsmbém me parece que existe um grande amor por detrás do texto.. :rolleyes:

Engraçado, tenho a sensação de que já li algo semelhante... :huh:

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Lembras-te?

Postby Samwise » 06 Jan 2005 13:51

Algures em 1998....

Ora, isso foi há mais ou menos 7 anos.

Escreveste isto com 13 anos???? Uauuuu... com 13 anos andava eu a ler os livros "Uma Aventura...."

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

ApoK
Enciclopédia
Posts: 798
Joined: 31 Dec 2004 11:55
Location: Porto
Contact:

Re: Lembras-te?

Postby ApoK » 06 Jan 2005 21:53

Adorei.

Acho que este texto está repleto de significado. Não é nenhum poema mas é um tema doce e nostálgico, faz-nos pensar e desejar voltar ao passado.

Penso que podem existir duas iterpretações. A primeira baseia-se nas alterações extremas que a relação mãe-filho sofrem ao longo da vida, a troca de papéis de responsabilidade que tu referiste ilustra isso mesmo. A segunda interpretação que faço bastante mais triste e mais dolorosa é baseada numa das situações mais agoniantes das nossas vidas, o momento em que perdemos a nossa mãe.

Creio que nunca o vou saber, mas gostava de saber como encher novamente a casa com os teus risos.

Talvez aqui ficasse melhor "Creio que nunca irá acontecer, mas gostava...." para evitar a repetição do "saber".

De qualquer das formas, muito bonito.
<b>"Deixem-me ouvir, uma vez mais, esses sons que foram, durante tanto tempo, a minha consolação e alegria."</b><br />W. A. Mozart - December 5th, 1791

User avatar
Drops
Dicionário
Posts: 709
Joined: 04 Jan 2005 03:49
Location: somewhere over the rainbow
Contact:

Re: Lembras-te?

Postby Drops » 06 Jan 2005 22:55

Sam, em 1998 já tinha feito os 14... (não que seja muito relevante, mas...) também lia esses livros, mas a escrita começava a ser um escape muito apreciado.

ApoK... :unsure: não tinha dado por isso... de qualquer maneira já está assim há tantos anos que não sei se valerá a pena mudar.
A segunda interpretação que faço bastante mais triste e mais dolorosa é baseada numa das situações mais agoniantes das nossas vidas, o momento em que perdemos a nossa mãe.

A primeira hipótese era a correcta, felizmente ainda tenho ambos os pais. :)
"I'm not crazy I'm just a little unwell..."

ApoK
Enciclopédia
Posts: 798
Joined: 31 Dec 2004 11:55
Location: Porto
Contact:

Re: Lembras-te?

Postby ApoK » 06 Jan 2005 23:15

Ainda bem :=) isso é que é preciso.

Quanto à minha sugestão, não passou mesmo disso :P
<b>"Deixem-me ouvir, uma vez mais, esses sons que foram, durante tanto tempo, a minha consolação e alegria."</b><br />W. A. Mozart - December 5th, 1791


Return to “Drops”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 3 guests

cron