José Saramago

Escolha um autor e fomente uma discussão sobre a sua obra e a sua vida
User avatar
acrisalves
Edição Única
Posts: 3490
Joined: 29 Dec 2004 13:53
Location: In a florest mist
Contact:

Re: José Saramago

Postby acrisalves » 31 Jul 2005 00:08

gaia wrote:
Woland wrote: O Nobel não tem para mim qualquer valor,não passa de um prémio político.

Caramba, acham mesmo que o Nobel da literatura é sempre um prémio político? :huh: Ou foi só no caso do Saramago?

Pelo que me tenho apercebido, são prémios atribuídos a escritores que sejam considerados jeitosos... E politicamente correctos...

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: José Saramago

Postby Samwise » 06 Dec 2005 10:58

:clap:

Já arranjei quem me empreste mais alguns livros do Saramago.

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: José Saramago

Postby Pedro Farinha » 06 Dec 2005 21:20

Samwise wrote::clap:

Já arranjei quem me empreste mais alguns livros do Saramago.

Sam
[right][snapback]16519[/snapback][/right]

Sam, se fores dazona de Lisboa é só dizeres quando e como, tenho bastantes dele. :bye:

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: José Saramago

Postby Samwise » 07 Dec 2005 10:25

Obrigado, Pedro, mas tenho duas pessoas conhecidas que também têm uma colecção alargada de livros do Saramago.

:tu: :bbde:

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
acrisalves
Edição Única
Posts: 3490
Joined: 29 Dec 2004 13:53
Location: In a florest mist
Contact:

Re: José Saramago

Postby acrisalves » 10 Jun 2006 00:41

Amanha (Sabado), na Feira do Livro de Lisboa

Sessão de Autógrafos com José Saramago
17:30
O escritor José Saramago estará a autografar as suas obras no pavilhão 84 da Editorial Caminho , entre as 17h30m e as 19h30m

Lord Wimsey
Dicionário
Posts: 548
Joined: 29 Nov 2005 21:01
Location: Aveiro
Contact:

Re: José Saramago

Postby Lord Wimsey » 22 Jun 2006 23:21

Woland wrote:Que consideração poderei ter por um prémio literário que ignora artistas incontornáveis como estes?Apenas o contrário,desconsideração.
[right][snapback]11411[/snapback][/right]


Completamente de acordo. Além de todos os casos de grandes escritores nunca premiados - Jorge amado, Miguel Torga, Chesterton, Graham Greene, por exemplo - há a lista infindável de escritores de paredes de casa-de-banho que se insiste em galardoar com "o grande prémio literário internacional". Exemplos desta última situção são tantos, tão evidentes, que é quase desnecessário menciona-los.
Não será Saramago, certamente, o mais "escandaloso", mas longe não anda; como é sabido, o prémio nobel tem sido, ao longo de um século, uma forma de premiar e dar notoriedade pública (e claro, política) a "grandes escritores"; é do conhecimento geral também o perfil do tal literata: ser anti-capitalista; contra o 'american way of living'; dado ao vermelho, foices e martelos, marcado por uma ou outra tendência mansa e politicamente correcta (sim, é verdade) como a salvação de baleias do ártico ou os direitos dos gatos domésticos; escrever no bom e já tradicional jeito telegráfico, com pouco ou nada para dizer, limitando-se a meia dúzia de dogmáticas papaias por entre resmas de folhas de uma prosa confusa e desarticulada, onde tudo se conta menos uma estória (entao se for com História, nem vê-los); e, sobretudo, mesmo sendo anémico na escrita e mole no agir, deve transmitir uma imagem de rebeldia e insubmissão. Falsa, claro.
Prémio nobel depois de 62, além Steinbeck, salvo raríssimas excepções não tem qualquer significado. A partir daí, a tão afamada academia sueca limitou-se a um papel de avaliamento político, tornou-se a academia dos fracos e insuspeitos, do politimamente correcto. O próprio Sartre o era sem saber.
Do "pós Steinbeck" destaco, ainda assim, Samuel Beckett, Pablo Neruda, Gabriel García Márquez e Naipaul.

Quanto a Saramago, já foi dito o esencial e o acessório, escusado será acrescentar alguma coisa, exceptuando talvez isto: cavaco é certamente um bibelot político, mas o gorro de rei das banalidades serve a Saramago como a ninguém.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: José Saramago

Postby Samwise » 23 Jun 2006 09:59

Não me vou pronunciar acerca da "questão política" na atribuição dos Nobel, ate porque não tenho nem conhecimento abranagente, nem fundamentação suficiente para poder apresentar.

Se o Saramago foi premiado por uma questão política (e por causa desse tal requisito que é o sentimento "anti american-way-of life") não faço portanto a mais pequena ideia - nem me atrevo sequer a especular sobre o assunto -, mas, se foi esse o caso, então não foi apenas um caso... foi também um acaso feliz, em que o justo é não ficou a perder em relação ao coroado.

Ainda li muito pouca coisa de Saramago, e não lhe conheço os ideias políticos e pessoais tão afincadamente a ponto de me insurgir contra ou de me afeiçoar a elas, mas uma coisa é certa, a escrita dele nada tem de banal. É o contrário absoluto do banal. Escrita confusa e desarticulada? Nem vê-la!... E se essa ideia pode surgir quando lemos as primeiras linhas de um qualquer livro dele, então só subsiste se não formos nós persistentes. Anémico e mole no agir? Isso está longe da realidade... só de me lembrar de uma "cena" no "Ensaio Sobre a Cegueira" (e quem já o leu vai concordar comigo) em que um grupo de trastes obriga um grupo de mulheres a servirem de escravas sexuais...

E não me vou por a dizer que gosto ou não de um escritor no seu método de escrita por causa das suas atitudes na vida prática.

Como disse há uns tempos: para mim, só por causa desse fabuloso "Memorial do Convento" merece o autor o prémio que tem.

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

Lord Wimsey
Dicionário
Posts: 548
Joined: 29 Nov 2005 21:01
Location: Aveiro
Contact:

Re: José Saramago

Postby Lord Wimsey » 23 Jun 2006 12:21

Anémico e mole no agir? Isso está longe da realidade... só de me lembrar de uma "cena" no "Ensaio Sobre a Cegueira" (e quem já o leu vai concordar comigo) em que um grupo de trastes obriga um grupo de mulheres a servirem de escravas sexuais...


sim ... e?

claro que a caracterização do típico vencedor do nobel que fiz era irónica mas não me parece que se distancie assim tanto da realidade.
Tem tudo de banal, li a jangada de pedra e devo dizer que foram muitas as vezes que adormeci com o livro nas mãos, muitas mais aquelas em que os olhos se perdiam no meio do texto-tijolo.

Mais do que isso, Saramago é banal quando aparece em público e diz meia-dúzia de larachas comuns a uma "esquerda" decrépita e bem falante.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: José Saramago

Postby Samwise » 23 Jun 2006 12:54

Lord Wimsey wrote:Tem tudo de banal, li a jangada de pedra e devo dizer que foram muitas as vezes que adormeci com o livro nas mãos, muitas mais aquelas em que os olhos se perdiam no meio do texto-tijolo.


Contra isso, nada posso fazer ou argumentar... uma pessoa adormence quando está enfastiada ou quando apanha com um tijolo muito compacto no meio da testa (lol).

A questão é até que ponto nos abrimos e nos afundamos em determinado tipo de escrita de maneira a gostarmos ou não gostarmos dela.

Eu adormeci (várias vezes :P ) quando comecei a ler o "Eu Hei-de Amar uma Pedra", de Lobo Antunes, porque a escrita não se havia ainda entranhado em mim, porque tudo naquele texto era sonolência, indiferença e boçalidade... depois, o tijolo atingiu-me de uma forma diferente (caiu-me em cima dos pés, talvez) e a partir daí foi uma festa.

O "Jangada de Pedra" ainda não li, mas estou com vontade. Há de ser dos próximos.

Mais do que isso, Saramago é banal quando aparece em público e diz meia-dúzia de larachas comuns a uma "esquerda" decrépita e bem falante.
[right][snapback]23282[/snapback][/right]


A sério! Pouco me importa a figura que ele faz ou deixa de fazer em público! Importa-me é se gosto da sua escrita. Será que te é tão difícil de desligar em relação à personalidade de um escritor? O que fazes com aqueles que não conheces minimamante? Estudas-lhes as vidas antes de decidires se gostas ou não da escrita deles?
A mim não me toca nada, mas mesmo nada, esse a factor.

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

Lord Wimsey
Dicionário
Posts: 548
Joined: 29 Nov 2005 21:01
Location: Aveiro
Contact:

Re: José Saramago

Postby Lord Wimsey » 23 Jun 2006 13:00

A sério! Pouco me importa a figura que ele faz ou deixa de fazer em público! Importa-me é se gosto da sua escrita. Será que te é tão difícil de desligar em relação à personalidade de um escritor? O que fazes com aqueles que não conheces minimamante? Estudas-lhes as vidas antes de decidires se gostas ou não da escrita deles?
A mim não me toca nada, mas mesmo nada, esse a factor.



imagino que não te toque, a mim também não.
Disse o que disse só para demonstrar (não demonstrou nada mas fazemos de conta que sim) que "é mole no agir". Afirmação essa que anteriormente tinhas refutado argumentando que ele escreveu não sei quê sobre escravas sexuais. :lol!:
O ponto era outro, toda esta ideia vem do facto de, mesmo não interessando a mim, a ti ou a outro leitor, interessa à academia sueca que o escritor tenha um certo perfil: certo modo de ser, de agir, de "pensar" (risos)

de resto, estamos de acordo.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: José Saramago

Postby Samwise » 23 Jun 2006 13:13

Lord Wimsey wrote:Afirmação essa que anteriormente tinhas refutado argumentando que ele escreveu não sei quê sobre escravas sexuais.  :lol!:


Aaaaah... o sonho de todo o homem... :lol!: (como é que era mesmo? "Bola e Moças"...)

Agora fora de brincadeira, essa parte, no livro, é mesmo muuuito puxada. Conheço quem tenha parado de ler, por uns dias, para se recompor da pancada!

Ok, ok, já vi que não gostas do homem e que não pactuas com a sua escolha para o prémio. Fico-me por aqui.

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Riobaldo
Edição Limitada
Posts: 1099
Joined: 06 Feb 2005 15:14
Location: Lisboa
Contact:

Re: José Saramago

Postby Riobaldo » 23 Jun 2006 20:02

Eu também conheço muito pouco da obra de Saramago e ouvi dizer que, naquela política de não repetir muito as nacionalidades premiadas, nesse ano a dúvida era entre Saramago e Lobo Antunes. Se este contexto for verdade, acho que foi mal atribuído. Lobo Antunes quanto a mim era o vencedor justo. De qualquer forma, e esquecendo esta notícia pouco segura que ouvi algures, considero Saramago um excelente escritor e não acho que o prémio tenha sido tão mal atribuído. Claro que também discordo com a política da academia sueca de atribuição dos prémios, mas enfim, neste caso acho que não lhes correu muito mal. Pelo que sei (e não li nada do autor que vou referir), estiveram muito mal foi na atribuição do Nobel a Elfriede Jelinek. Mas, também pelas notícias que li, redimiram-se no ano seguinte com o Harold Pinter.
Dos que o Lord Winsey referiu como justos, já li o García Márquez e o Naipaul. Admiro mais o segundo que o primeiro, mas acho que foram os dois prémios justos.
www.revistaantologia.com

Lord Wimsey
Dicionário
Posts: 548
Joined: 29 Nov 2005 21:01
Location: Aveiro
Contact:

Re: José Saramago

Postby Lord Wimsey » 15 Jul 2006 12:48

andei à procura de um livro do saramago (para depois poder gozar melhor :thumbsup:) mas so encontrei o ano da morte de ricardo reis e como é obvio fiquei-me pelo 1º parágrafo. Hei-de ler o memorial do convento já que dizem que é tao bom.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: José Saramago

Postby Samwise » 17 Jul 2006 09:08

Mas aí é que está! Não te podes ficar pelo primeiro parágrafo... isso não chega para nada...

É como queres ir tomar um banho ao mar e ficares-te pelos tornozelos porque a água está fria.

Com o Saramago tens de deixar que a fluência da escrita te atinja e te contagie... tens de deixar que o teu cérebro se habitue às diferenças estilísticas da escrita.

Depois disso é uma festa! (pelo menos comigo resultou em cheio)

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -


Return to “Autores”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 3 guests

cron