J.R.R. Tolkien

Escolha um autor e fomente uma discussão sobre a sua obra e a sua vida
User avatar
Anibunny
Edição Única
Posts: 2814
Joined: 10 Jun 2009 23:11
Location: Porto
Contact:

Re: J.R.R. Tolkien

Postby Anibunny » 05 Jan 2010 20:25

Sim não é, mas a história é a mesma o que é mau apesar de terem deixado de lado muita coisa (e provavelmente também há muita coisa que já me esqueci do filme) vou achar um bocado aborrecido ler uma história que já conheço, quer dizer pode até nem ser mas é um lado menos positivo para mim ler algo cujo fim já sei :sad:

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: J.R.R. Tolkien

Postby Bugman » 05 Jan 2010 21:49

Anibunny wrote:Sim não é, mas a história é a mesma o que é mau apesar de terem deixado de lado muita coisa (e provavelmente também há muita coisa que já me esqueci do filme) vou achar um bocado aborrecido ler uma história que já conheço, quer dizer pode até nem ser mas é um lado menos positivo para mim ler algo cujo fim já sei :sad:


Quer dizer, em abono da verdade nunca se está à espera de saber se conseguem ou não destruir o anel, tal como no Harry Potter nunca foi questão se o Voldemort morria ou não, é mais o como que nos impele a cada página. Nesse sentido acho que vale a pena.

Numa outra perspectiva, podes sempre abordar a obra como forma de ver o que há oitenta anos revolucionou a escrita de fantasia, ou, como me parece que tens formação nessa área, a nova vestimenta para uma séria de contos da mitologia nórdica...
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
annawen
Livro Raro
Posts: 1953
Joined: 18 Jan 2006 11:34
Location: Gaia
Contact:

Re: J.R.R. Tolkien

Postby annawen » 05 Jan 2010 21:54

Anibunny wrote:Sim não é, mas a história é a mesma o que é mau apesar de terem deixado de lado muita coisa (e provavelmente também há muita coisa que já me esqueci do filme) vou achar um bocado aborrecido ler uma história que já conheço, quer dizer pode até nem ser mas é um lado menos positivo para mim ler algo cujo fim já sei :sad:


Então só lês os livros uma vez só? Não relês?

User avatar
pageHunter
Edição Limitada
Posts: 1220
Joined: 28 May 2009 13:05
Location: Coimbra - Portugal
Contact:

Re: J.R.R. Tolkien

Postby pageHunter » 05 Jan 2010 22:30

Samwise wrote:Estou-te a perceber... :biggrin:

(em todo o caso, esquece os filmes como factor comparativo)

Depois de ler a Irmandade do Anel revi o filme e ainda gostei mais do que da primeira vez!
Read
Mataram o Sidónio!, Francisco Moita Flores
Different Seasons, Stephen king
The Great Gatsby, F. Scott Fitzgerald

Reading
Sunset Park, Paul Auster



Whatchlist2012@IMDB Watchlist2013@IMDB

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: J.R.R. Tolkien

Postby Bugman » 05 Jan 2010 22:33

pageHunter wrote:Depois de ler a Irmandade do Anel revi o filme e ainda gostei mais do que da primeira vez!


O filme tem aquela grande vantagem de passar ao lado do Tom Bombadill! :deadhorse:
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
pageHunter
Edição Limitada
Posts: 1220
Joined: 28 May 2009 13:05
Location: Coimbra - Portugal
Contact:

Re: J.R.R. Tolkien

Postby pageHunter » 05 Jan 2010 22:39

Bugman wrote:O filme tem aquela grande vantagem de passar ao lado do Tom Bombadill! :deadhorse:

Eu gostei do Tom Bombadill no livro!!!

O facto de ter gostado mais do filme depois de ler o livro deve-se acima de tudo a um melhor conhecimento da história por detrás do anel. Note-se que também tinha lido o Hobbit nessa altura.

Por falar nisso, nunca mais li os últimos dois livros... E já os comprei!

Não perdem pela demora... :brutallsabre:
Read
Mataram o Sidónio!, Francisco Moita Flores
Different Seasons, Stephen king
The Great Gatsby, F. Scott Fitzgerald

Reading
Sunset Park, Paul Auster



Whatchlist2012@IMDB Watchlist2013@IMDB

User avatar
MAGG
Livro Raro
Posts: 2010
Joined: 11 Sep 2009 13:26
Location: Mar de Dentro ...
Contact:

Re: J.R.R. Tolkien

Postby MAGG » 05 Jan 2010 22:53

pageHunter wrote:Eu gostei do Tom Bombadill no livro!!!

O facto de ter gostado mais do filme depois de ler o livro deve-se acima de tudo a um melhor conhecimento da história por detrás do anel. Note-se que também tinha lido o Hobbit nessa altura.


Sim também eu tive a mesma apreciação dos filmes depois de ter relido os livros. Afirmo mesmo, que gostei bastante do enfoque maior que o Peter Jackson deu à batalha nas duas torres.

Eu também gostei do Tom Bombadill.Aborreceu-me um pouco não o ter visto retratado na versão cinematográfica. :thumbdown:

User avatar
Sharky
Edição Única
Posts: 4587
Joined: 19 Jun 2008 00:04
Location: Margem Sul
Contact:

Re: J.R.R. Tolkien

Postby Sharky » 05 Jan 2010 23:32

Os mapas para quem quiser imprimir:

[img]http://img163.imageshack.us/img163/7809/map3b.jpg[/img]

[img]http://img163.imageshack.us/img163/8165/map2b.jpg[/img]

[img]http://img19.imageshack.us/img19/3508/map1bh.jpg[/img]

[img]http://img6.imageshack.us/img6/2518/map4bm.jpg[/img]

[img]http://img684.imageshack.us/img684/1796/map5b.jpg[/img]

[img]http://img704.imageshack.us/img704/4517/map7b.jpg[/img]

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: J.R.R. Tolkien

Postby Bugman » 06 Jan 2010 00:23

Xii vim parar a outro ninho de Bombadilhos... :dry:

Bom, aproveito e lanço já a bomba, despachamos o alcatrão e as penas e continuamos a discutir o resto: o Tom Bombadil é o maior desperdício de papel e tinta desde que a Margarida Rebelo Pinto aprendeu o B-A-BÁ! :devil2:

A sério, vamos ao livro e qual a utilidade nele na história? Mais, aquela pequeno dimensional gate que ele tem em que é tão importante, muda a natureza ao seu gosto e depois não guarda o anel? Já para não mencionar que na história ele existe... no pouco espaço que lhe é concedido! Não vem de lado nenhum e vai para o mesmo sítio. Ah! Tem aquela vantagem dos banhos nús no rio, as quais só confirmam que the hobbits are a very gayish folk...
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
MAGG
Livro Raro
Posts: 2010
Joined: 11 Sep 2009 13:26
Location: Mar de Dentro ...
Contact:

Re: J.R.R. Tolkien

Postby MAGG » 06 Jan 2010 00:48

Bugman wrote:Xii vim parar a outro ninho de Bombadilhos... :dry:


Não aprecias a diversidade de opiniões ? ... nem sabes o que perdes. :tongue:
Bugman wrote:Bom, aproveito e lanço já a bomba, despachamos o alcatrão e as penas e continuamos a discutir o resto: o Tom Bombadil é o maior desperdício de papel e tinta desde que a Margarida Rebelo Pinto aprendeu o B-A-BÁ! :devil2:

A sério, vamos ao livro e qual a utilidade nele na história? Mais, aquela pequeno dimensional gate que ele tem em que é tão importante, muda a natureza ao seu gosto e depois não guarda o anel? Já para não mencionar que na história ele existe... no pouco espaço que lhe é concedido! Não vem de lado nenhum e vai para o mesmo sítio. Ah! Tem aquela vantagem dos banhos nús no rio, as quais só confirmam que the hobbits are a very gayish folk...


:hypocrite:

In a letter written to the original proofreader of the trilogy in 1954, Tolkien reveals a little about what Tom's literary role or function might be. Early in the letter he writes that "even in a mythological Age there must be some enigmas, as there always are. Tom Bombadil is one (intentionally)" (Ibid., p. 174). Later he adds that "Tom is not an important person - to the narrative. I suppose he has some importance as a 'comment'." He then goes on to explain that each side in the War of the Ring is struggling for power and control. Tom in contrast, though very powerful, has renounced power in a kind of "vow of poverty," "a natural pacifist view." In this sense, Tolkien says, Tom's presence reveals that there are people and things in the world for whom the war is largely irrelevant or at least unimportant, and who cannot be easily disturbed or interfered with in terms of it (Ibid., pp. 178-79). Although Tom would fall if the Dark Lord wins ("Nothing would be left for him in the world of Sauron," Ibid.), he would probably be "the Last as he was the First" (Rings, 1:279).

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: J.R.R. Tolkien

Postby Bugman » 06 Jan 2010 01:14

Não me convence. Mantenho a minha sobre o abate de florestas e explorações de chocos! :tongue:

Agora mais a sério, é a visão do autor, mas na óptica da diversidade de opiniões (e claramente eu sou a carta fora do baralho) também me permito a considerar esse personagem como um enorme flop.

É diferente? É. Está bem por ser diferente? Neste ponto acho que não e o próprio facto de ser necessário recorrer às cartas do autor acaba por revelar o até que ponto o personagem surge como um falhanço rotundo. A Guerra do Anel, tal como é pintada, é do tipo de guerras em que se tem de tomar lados, na qual não se pode ficar indiferente. Esta é a construção de toda a obra. Tom Bombadil não é só um enigma! É mesmo uma personagem falhada! Não é o pacifista, a menos que o pacifista seja o indiferente.

Claro que no mundo há gentes para quem os grandes acontecimentos lhes passam ao lado, os Hobbits! Apenas quando os eventos lhes batem à porta é que os Hobbits se ajustam às situações.

Nesse sentido, o defunto pode ter deixado o que quiser, mas sinceramente, ler a obra com ou sem Tom, tirando a questão das facas que os Hobbits usam em Weathertop (Amon Sûl), é tão acertado que, se tirarmos esses capítulos na leitura, nem damos que saltámos uma série de páginas!
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: J.R.R. Tolkien

Postby Samwise » 06 Jan 2010 11:42

Bugman, o Tom Bombadil é o personagem mais fascinante de todo o LOTR a meu ver, e estive capaz de esganar o Peter Jackson por não o ter incluído nos filmes.

Mais do que aquilo que foi já explicado, e mais do que o enigma mitológico que o Tolkien diz que ele representa, considero-o como uma espécie de representação física da própria natureza como ser global (como também há outras ao longo da obra, num contexto mais particular) - sendo que "a natureza" (entidade composta de entidades) não é nem pacifista nem indiferente, mas lá vai arranjando o seu caminho para sobreviver à passagem do tempo, sejam quais forem as concessões que tiver de fazer (ou atitudes que tiver de tomar).

Neste sentido, há uma empatia imediata ente o Bombadil e os Hobbits, mas não pode haver mais do que isso. A natureza não toma partidos. O único partido que toma é o seu próprio.

Em todo o caso, o facto de não ser uma personagem "explicada", e aparentemente pouco desenvolvida, deixa ao leitor a possibilidade de fazer as suas próprias interpretações (e contextos não faltam para que tal seja possível). Tu escolheste não o entender (e ao seu papel no livro) e consequentemente não gostar dele. Eu escolhi, ou melhor, deixei-me levar pela singularidade da abordagem. Coisa que nem sequer enquadro num panorama de "guilty pleasure". :mrgreen4nw:

Bugman wrote:É diferente? É. Está bem por ser diferente? Neste ponto acho que não e o próprio facto de ser necessário recorrer às cartas do autor acaba por revelar o até que ponto o personagem surge como um falhanço rotundo. A Guerra do Anel, tal como é pintada, é do tipo de guerras em que se tem de tomar lados, na qual não se pode ficar indiferente. Esta é a construção de toda a obra. Tom Bombadil não é só um enigma! É mesmo uma personagem falhada! Não é o pacifista, a menos que o pacifista seja o indiferente.


Uma personagem falhada em que sentido? No sentido em que não toma partidos na guerra o Anel? Isso é uma perpectiva um bocado limitativa da obra (e da personagem), me thinks.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

AeGLos
Comic Book
Posts: 95
Joined: 23 Feb 2005 01:28
Contact:

Re: J.R.R. Tolkien

Postby AeGLos » 06 Jan 2010 13:17

Num livro em que o preto e o branco estão claramente demarcados (ou se preferirem, o Bem e o Mal), o Tom acaba por ser, para mim, a mais flagrante representação do "cinzento" (neutralidade!?!) de toda a história. Concordo com o que o Sam disse e percebo claramente a intenção do Tolkien ao incluir esta personagem (e lembrem-se que existe uma corrente de leitores/criticos que afirma que a personagem do Tom é uma referência politica de um homem que viveu intensamente ambas as Guerras Mundiais), foi a de reafirmar aquela velha e batida máxima de que o mundo não é so feito de "preto" e "branco" e que há certamente lugar para o "cinzento". Se a opção do Tom é valida? Epa isso agora dava pano pa mangas :wink:

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: J.R.R. Tolkien

Postby Cerridwen » 06 Jan 2010 14:44

Não gostei da parte em que aparece o Tom Bombadil. Achei que introduzia uma quebra na narrativa. Uma peça especial, mas meio solta, no meio de peças ligadas.

User avatar
pageHunter
Edição Limitada
Posts: 1220
Joined: 28 May 2009 13:05
Location: Coimbra - Portugal
Contact:

Re: J.R.R. Tolkien

Postby pageHunter » 06 Jan 2010 14:57

Cerridwen wrote:Não gostei da parte em que aparece o Tom Bombadil. Achei que introduzia uma quebra na narrativa. Uma peça especial, mas meio solta, no meio de peças ligadas.

A meu ver é um elemento dispensável da narrativa (tão dispensável que o Peter Jackson o dispensou do filme), mas que como tantas outras coisas acrescenta alguma coisa à riqueza que é a obra "O senhor dos aneis" como um todo.

Já agora... Alguém leu o livro do Tom Bombadil? O que acharam?
Read
Mataram o Sidónio!, Francisco Moita Flores
Different Seasons, Stephen king
The Great Gatsby, F. Scott Fitzgerald

Reading
Sunset Park, Paul Auster



Whatchlist2012@IMDB Watchlist2013@IMDB


Return to “Autores”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 5 guests

cron