O 8º dia

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

O 8º dia

Postby Pedro Farinha » 13 Dec 2010 01:17

E ao oitavo dia a semana desvanece-se. As trevas rasgam-se em absurdos de calor e a tua boca cola-se à minha como se não houvesse amanhã.

Nem há.

Ao oitavo dia o mundo é só nosso. Na obscuridade das sombras as nossas peles inebriam-se no festim dos corpos e as palavras são ditas em sussurros quentes, quase inaudíveis, porque não há nada para dizer que não tenha já sido dito.

Ao oitavo dia o corpo rejubila. Os olhos chispam relâmpagos e as mãos percorrem caminhos sinuosos que a pele recolhe em momentos de prazer. O oitavo dia tem a melodia da tua respiração descompassada e o cheiro dos teus cabelos rebeldes.

É no oitavo dia que a semana, finalmente, vence a batalha contra o quotidiano sem sentido dos outros sete dias. Que percorremos cidades fantásticas e desenhamos mapas que mais ninguém pode ver.

O oitavo dia é efémero.

Mas é nosso.

User avatar
Ripley
Edição Limitada
Posts: 1219
Joined: 30 Jan 2009 02:10
Location: Under some mossy rock
Contact:

Re: O 8º dia

Postby Ripley » 13 Dec 2010 16:21

Um texto desenhado com as tinturas de sonho a que me habituei a reconhecer nos teus quadros.

O oitavo dia é efémero, sim. Esquivo. Não existe em todas as semanas. Não existe para toda a gente.
É não-democrático.
Se mais semanas tivessem oito dias, não se ouviriam tantos suspiros - lamentos em Do(r) Maior. E talvez o Mar fosse menos salgado.
"És a metade que me é tudo." [Pedro Chagas Freitas]
---§§§---
"O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende." [Miguel Esteves Cardoso]

User avatar
João Arctico
Dicionário
Posts: 537
Joined: 23 Oct 2009 23:16
Contact:

Re: O 8º dia

Postby João Arctico » 13 Dec 2010 22:41

Ao oitavo dia, o Senhor (Pedro) criou. :)

Para quem tem o oitavo dia, para quê ter os outros? Mas, infelizmente, para muitos nem o oitavo dia existe. Feliz este par.
"É isto o que, de todo em todo, pretendia o autor? Não sei; é a opinião do leitor que eu dou." Jean-Paul Sartre
"Mas mesmo aquilo que a gente não se lembra de ter visto um dia, talvez se possa ver depois de algum viés da lembrança" Chico Buarque in Estorvo

medicated
Brochura
Posts: 27
Joined: 20 Nov 2010 18:23
Contact:

Re: O 8º dia

Postby medicated » 14 Dec 2010 18:33

Não quero correr o risco de ser inoportuno e sinceramente tenho lido os post's do Pedro Farinha e as reacções deixam-me perplexo, só eu não entendo a originalidade e valor dos mesmos, deve ser algo psicossomático.

User avatar
Arsénio Mata
Livro Raro
Posts: 1773
Joined: 01 Oct 2009 20:41
Location: Portimão
Contact:

Re: O 8º dia

Postby Arsénio Mata » 15 Dec 2010 04:44

medicated wrote:Não quero correr o risco de ser inoportuno e sinceramente tenho lido os post's do Pedro Farinha e as reacções deixam-me perplexo, só eu não entendo a originalidade e valor dos mesmos, deve ser algo psicossomático.


E eu não querendo ser advogado de defesa de ninguém, tenho-te a dizer que se és só tu que não percebes, então de facto talvez o problema seja só teu. O que não retira valor algum a tua opinião, simplesmente nem todos podemos ou devemos ter a mesma sensibilidade e gosto.
Only in the bloodline is this terror exposed
A knife to the eye of modern day times
Exactly what you've worked for.

A price for the pride
I can feel the distance coming
The holes in my lungs
Won't let me take this anymore.

http://umhomemsimpatico.tumblr.com/

medicated
Brochura
Posts: 27
Joined: 20 Nov 2010 18:23
Contact:

Re: O 8º dia

Postby medicated » 22 Dec 2010 18:23

Arsénio,


Coloca-se então a questão da predominância da maioria relativamente à interpretação de um texto, se é quase unânime tem que ser bom e edificante, os que estão na margem e não concordam e expressam essa discordância calmamente são designados como indivíduos de pouco gosto e sensibilidade. Não querendo ser promotor publico caro Arsénio só posso dizer que a prova fala por si e que o álibi não se comprova, mas posso sempre gesticular e curvar-me diante da genialidade destes textos, fora isso tudo bem.


Medicate

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: O 8º dia

Postby Samwise » 23 Dec 2010 15:52

medicated wrote:Coloca-se então a questão da predominância da maioria relativamente à interpretação de um texto, se é quase unânime tem que ser bom e edificante, os que estão na margem e não concordam e expressam essa discordância calmamente são designados como indivíduos de pouco gosto e sensibilidade.


Eu diria que é isso que normalmente acontece, quase* sem tirar nem pôr, medicated. Mas, como o Arsénio referiu, isso não retira qualquer valor à opinião desses indivíduos. Apenas não se coaduna com as demais.

* a minha única reserva verifica-se em relação ao "tem de ser bom e edificante". Não é uma questão de "ter de ser". O "ser bom e edificante" não é uma obrigação, é antes uma espécie de consequência das opiniões expressadas pela tal maioria.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

croquete
Edição Limitada
Posts: 1038
Joined: 11 Feb 2009 16:29
Contact:

Re: O 8º dia

Postby croquete » 23 Dec 2010 19:25

Não querendo ofender ninguém com isto.
Queria apenas dizer que:

Boa Pedro. Gostei muito do texto. :D

User avatar
Arsénio Mata
Livro Raro
Posts: 1773
Joined: 01 Oct 2009 20:41
Location: Portimão
Contact:

Re: O 8º dia

Postby Arsénio Mata » 24 Dec 2010 00:46

medicated wrote:Arsénio,


Coloca-se então a questão da predominância da maioria relativamente à interpretação de um texto, se é quase unânime tem que ser bom e edificante, os que estão na margem e não concordam e expressam essa discordância calmamente são designados como indivíduos de pouco gosto e sensibilidade. Não querendo ser promotor publico caro Arsénio só posso dizer que a prova fala por si e que o álibi não se comprova, mas posso sempre gesticular e curvar-me diante da genialidade destes textos, fora isso tudo bem.


Medicate


Como de costume estás a levar as coisas demasiado a peito, como se procurasses uma guerra. Em lugar algum eu disse que tinhas pouco gosto e sensibilidade, disse apenas que tinhas um gosto e sensibilidade diferentes. Acho óptimo que diferentes pessoas tenham diferentes gostos, agora parece-me que uma critica, quando negativa, deve ter em si algo de positivo e não apenas o intuito de deitar abaixo. Mas gesticula à vontade, não digo que o faças bem, mas parece-me que é algo que te deixa satisfeito.

PS - Pedro, desculpa o off-topic.
Only in the bloodline is this terror exposed
A knife to the eye of modern day times
Exactly what you've worked for.

A price for the pride
I can feel the distance coming
The holes in my lungs
Won't let me take this anymore.

http://umhomemsimpatico.tumblr.com/

medicated
Brochura
Posts: 27
Joined: 20 Nov 2010 18:23
Contact:

Re: O 8º dia

Postby medicated » 27 Dec 2010 21:34

Existe um histrionismo perceptivel na tua argumentação, tenho que aplaudir o teu voluntarismo na defesa de um texto. Gostei da referência a uma exuberancia gestual, mas como estou um homem transfigurado vou manter o meu proverbial cavalheirismo. Não quero guerras e como penso já ter escrito eu até gosto muito do que escreves e se não gostasse tinha o mesmo tipo de comentário que coloquei aqui.

croquete
Edição Limitada
Posts: 1038
Joined: 11 Feb 2009 16:29
Contact:

Re: O 8º dia

Postby croquete » 28 Dec 2010 14:33

medicated wrote:mas como estou um homem transfigurado vou manter o meu proverbial cavalheirismo


:thumbsup:


Return to “Pedro Farinha”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron