Sinal fechado

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Sinal fechado

Postby Pedro Farinha » 17 Oct 2005 14:03

A chuva caiu sobre a cidade.

Ele de um lado, ela de outro. Entre os dois uma fronteira intransponível de carros a alta velocidade. Velocidade excessiva para aquela estada e para o piso molhado.

Mas não era esse tipo de risco que inquietava a rapariga. O risco tinha um nome – Pedro, e aguardava do outro lado da rua, no passeio, na borda do passeio, quase a cair para o asfalto, como um suicida à beira de um precipício. Ela não sabia de onde lhe vinham essas comparações. Ela é que se sentia atraída pelo abismo dos olhos negros dele, mas sabia que depois do salto o embate seria inevitável e as consequências também.

As mãos dele, semiabertas, acarinhavam o ar que interpunha entre os dedos, como se adivinhassem a exacta posição que os dedos ela iriam ocupar mais tarde, quando o sinal se pusesse verde e um deles, inevitavelmente atravessasse enquanto o outro esperaria de sorriso e braços abertos. Olhava para as mãos dela mas não as via, escondidas que estavam no interior dos bolsos do blusão, aninhadas numa segurança maior do que aquela que ele lhe poderia fornecer. Ele sabia a vida que levava. Ele sabia que ela sabia a vida que ele levava. Talvez não soubesse apenas do debate aceso que se travava na cabeça dela por detrás daqueles olhos vivos.

Os olhos são o espelho da alma.

A chuva continuava a cair, sem piedade, encharcando-os e toldando-lhes a visão. Os carros velozes atiravam despudoradamente água sobre os dois e sobre quantos mais estivessem de um lado ou de outro do passeio. E o sinal que teimava em não mudar.

Um pequeno homem vermelho luminoso, reparou ela. Se tivesse cornos poderia ser o diabo. O diabo que a mantinha presa na expectativa de como iria reagir quando a distância entre os dois corpos fosse menor que a distância de um braço. Quando facilmente fosse possível aproximar uma boca de outra e introduzir a língua num simulacro de uma outra penetração. Um arrepio que nada tinha a ver com a chuva percorreu-lhe as costas.

Ele viu-a estremecer. Medo, pensou. Ela sabe como eu ganho a vida. Mas eu não posso deixar isso, eles nunca me deixariam. No entanto, o meu amor por ela é tão grande que não posso virar simplesmente as costas. As mãos dele apertaram-se com força, formando dois punhos cerrados. Ele lembrara-se do que tinham feito à miúda do João no dia em que ele falhara uma missão. Olhou para o lado esquerdo e viu um enorme camião a aproximar-se, mandou um beijo que percorreu o caminho por entre as gotas de chuva e que a atingiu exactamente no mesmo instante em que o camião embateu no corpo dele e o atirou pelo ar já sem vida.

O olhar dela quedou-se vazio. O homenzinho vermelho foi substituído por um outro de cor verde e pernas abertas e a chuva escorreu vermelha para a sarjeta.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Sinal fechado

Postby Samwise » 17 Oct 2005 15:58

Muito bem-vindo novamente, Sr. Pedro.

Com contos destes bem que podias aparecer cá todos os dias... :lol:

Espectacular momento captado por entre as gotas da chuva. Os pensamentos feitos dos jogos de olhar. A imaginação a criar desejos... a ansiedade e a tensão crescentes com a mudança sinal ... e acto final...

Um dia gostaria de escrever assim.

SamW
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Riobaldo
Edição Limitada
Posts: 1099
Joined: 06 Feb 2005 15:14
Location: Lisboa
Contact:

Re: Sinal fechado

Postby Riobaldo » 17 Oct 2005 16:55

BRUTAL! Excelente texto, maravilhosamente escrito. Parabéns. :)
www.revistaantologia.com

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: Sinal fechado

Postby Pedro Farinha » 18 Oct 2005 18:51

:blush: obrigado

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Sinal fechado

Postby Cerridwen » 18 Oct 2005 22:09

Textos como este deixam-me com poucas palavras para dizer. Muito bom este texto, desde as imagens retratadas até aos sentimentos captados, tudo muito realista. :)

pedroi
Dicionário
Posts: 577
Joined: 06 May 2005 10:48
Location: Rio Maior
Contact:

Re: Sinal fechado

Postby pedroi » 18 Oct 2005 23:02

Não tenho tido tempo nenhum para ler as obras dos escritores do forum mas não pude deixar passar este texto sem uma leitura.

As expectativas eram elevadas depois de outros textos que li. Confesso que este não me pareceu melhor que os outros que aqui estão publicados.

Por outro lado, é certamente tão bom como os outros que já li :) .

Mais um excelente trabalho Pedro. Parabens.


Return to “Pedro Farinha”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron