Matar a saudade faz avivar a ausência ou lamechas como o amor deve ser

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Matar a saudade faz avivar a ausência ou lamechas como o amor deve ser

Postby Pedro Farinha » 25 Aug 2009 21:57

Matar a saudade faz avivar a ausência ou lamechas como o amor deve ser

Olá, dizes-me, e os teus olhos doces debruçam-se sobre mim na carícia de um beijo. Aperto-te com força, o teu calor no meu num abraço silencioso como quando, deitado numa folha de papel, tento recuperar a respiração enquanto te sinto a tremer baixinho.

Digo o teu nome e tu repetes o meu três vezes enquanto te puxo, uma vez mais, contra mim e te abraço enquanto os meus dedos, saudosos, percorrem o teu cabelo num gesto que é só meu e que não permites a mais ninguém. As estrelas cadentes que não viste na praia bailam-me nos olhos, humedecidos, por te poder tocar e olhar-te nos olhos mais uma vez.

A minha mão procura a tua e os dedos entrelaçam-se enquanto as respirações se sincronizam. Não há trovões nem relâmpagos, apenas o carinho e a ânsia não satisfeita e a promessa de um amanhã.

Beijo-te a boca e fujo do carro, o peito ainda feliz do teu contacto, mas as mãos, já desoladoramente vazias, enfiam-se nos bolsos em busca de um calor perdido, de algo que as ampare, para que entre os dedos não nasçam vazios de ar e a saudade, mal matada, já tão ressuscitada não escureça os olhos que ainda guardam o carinho do teu olhar.

Tiro o telemóvel do bolso e beijo-o, estupidamente, como tábua de salvação da distância que nos aparta e eco da tua voz nos meus ouvidos.

Respiro fundo, anestesio-me, é só mais um dia numa quinzena de domingos.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Matar a saudade faz avivar a ausência ou lamechas como o amor deve ser

Postby Samwise » 25 Aug 2009 22:05

Muito bonito, Pedro.

Tem muitas ideias interessantes para demonstrar sensações e atitudes. E como compreendo!

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Ripley
Edição Limitada
Posts: 1219
Joined: 30 Jan 2009 02:10
Location: Under some mossy rock
Contact:

Re: Matar a saudade faz avivar a ausência ou lamechas como o amor deve ser

Postby Ripley » 26 Aug 2009 11:04

Mais uma das tuas brisas, Pedro. Mais um texto emotivo, mais um sorriso quando frases soltas avivam algo meio perdido na memória.

Destacando esta
Não há trovões nem relâmpagos, apenas o carinho e a ânsia não satisfeita e a promessa de um amanhã.
e o final, sublime

é só mais um dia numa quinzena de domingos
"És a metade que me é tudo." [Pedro Chagas Freitas]
---§§§---
"O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende." [Miguel Esteves Cardoso]

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Matar a saudade faz avivar a ausência ou lamechas como o amor deve ser

Postby Samwise » 26 Aug 2009 11:28

Também gostei muito desta:

Pedro Farinha wrote:Respiro fundo, anestesio-me,(...)


Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: Matar a saudade faz avivar a ausência ou lamechas como o amor deve ser

Postby Pedro Farinha » 26 Aug 2009 12:17

Obrigado pelos comentários :smile:

Depois de ter andado a experimentar "coisas" novas na escrita resolvi voltar ao meu velho old style onde as frases me saem mais fluidas.

... E a ganhar balanço para me lançar numa coisa de outra dimensão.

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Matar a saudade faz avivar a ausência ou lamechas como o amor deve ser

Postby Thanatos » 26 Aug 2009 13:21

Pedro Farinha wrote:... E a ganhar balanço para me lançar numa coisa de outra dimensão.



Fazes bem. O que está a dar agora é a quarta dimensão. :buba:

Será que isso quer dizer que voltas ao Farol?
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: Matar a saudade faz avivar a ausência ou lamechas como o amor deve ser

Postby Pedro Farinha » 26 Aug 2009 16:54

Thanatos wrote:Será que isso quer dizer que voltas ao Farol?


Não, nada disso. Eu sou muito pouco de voltar atrás: ou fico onde estou ou ando para a frente.

Ando é com vontade de tentar voltar a escrever um romance.

Claro que podia sempre experimentar escrevê-lo em posts minimalistas no twitter... mas a minha ideia era mais entrar em reclusão e só mostrar o produto final.


Return to “Pedro Farinha”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron