Pedro Paixão

Escolha um autor e fomente uma discussão sobre a sua obra e a sua vida
Avatar do Utilizador
Thanatos
Edição Única
Mensagens: 13871
Registado: 31 dez 2004 22:36
Contacto:

Re: Pedro Paixão

Mensagem por Thanatos »

Se indicasses os títulos de algumas obras dele talvez o pessoal se lembrasse melhor. :) E bem-vindo(a)
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!
lucialourenco
Manifesto
Mensagens: 63
Registado: 14 out 2007 11:23
Contacto:

Re: Pedro Paixão

Mensagem por lucialourenco »

Viver todos os dias cansa

O único livro que li dele... e adorei... mesmo... está todo sublinhado, aliás, estava... porque, entretanto, emprestei-o a um amigo que o sublinhou ainda mais... é excelente...

Estranhamente, não li mais nada dele... vou pensar nisso!!!
Liberdade... de ser... simplesmente... um sopro de vida num mundo de sussurros...
Avatar do Utilizador
Dharma
Enciclopédia
Mensagens: 782
Registado: 02 ago 2007 12:13
Contacto:

Re: Pedro Paixão

Mensagem por Dharma »

Li um livro dele, acho que foi o Amor Portátil (tive de ler para uma cadeira qualquer da faculdade) e não lhe achei grande piada. Pelo menos não tenho tenções de voltar a ler mais livros dele.

Dharma
"The mind is its own place, and in it self
Can make a heaven of hell, a hell of heaven."
Avatar do Utilizador
Samwise
Realizador
Mensagens: 14974
Registado: 29 dez 2004 11:46
Contacto:

Re: Pedro Paixão

Mensagem por Samwise »

Eu li o "PortoKyoto" e achei muito bom (mas sou sempre suspeito, porque gosto de tudo). É um livro que encaixa bem, por exemplo, no filme "Lost in Translation", devido ao modo como aborda a solidão e o deambular no destino.

Agora quero ver se leio o "Nos Teus Braços Morreríamos".

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -
Lord Wimsey
Dicionário
Mensagens: 548
Registado: 29 nov 2005 21:01
Contacto:

Re: Pedro Paixão

Mensagem por Lord Wimsey »

Considerando o meu ente lectualismo, há reduzidas probabilidades de algum dia vir a ler este senhor. O que nunca me impediu, óbvio, de mandar uma ou outra posta de pescada. Então cá vai:
- O pedro paixao é um escritor de literatura light, o PP escreve romances de amor (risos); o PP tem nome de partido na falencia; o PP agrada as pitas; o PP tem um nome extremamente bonito; o PP usa recorrentemente expressões como 'a firmeza do teu olhar', 'o silêncio falava por nós, meu amor' e mesmo 'Tá calado, ó caraças/lho/go'; o PP sofre de hemorroidas e tem uma tia em 3º grau que se chama Felismina às terças, quintas e sábados - à segunda, quarta e sexta dá pelo nome de gisberta. Ao domingo é anónima e recebe entrevistadores da tvi no seguimento do caso Casa Pia. A tia do PP diz que gosta de ficar com voz forte nas gravações; o PP chora quando se lê a si próprio; o PP chora quando não se lê a si próprio; o PP é ele mesmo choro em doses de 5 mg em peso líquido. O PP vive com os pais e é alcoolico; o PP gosta que o tratem por Peu ou simplesmente Paixão. O PP é quase tão mau como os seus leitores.


(não se ofendam, nunca o li)
Avatar do Utilizador
Steerpike
Edição Limitada
Mensagens: 1187
Registado: 07 jan 2006 19:09
Contacto:

Re: Pedro Paixão

Mensagem por Steerpike »

Morra o PP, morra . . . P-Pim?

Abraços,
Luís
The vorpal blade went snicker-snack!
Lord Wimsey
Dicionário
Mensagens: 548
Registado: 29 nov 2005 21:01
Contacto:

Re: Pedro Paixão

Mensagem por Lord Wimsey »

:lol2: isso. Esqueci-me da parte do 'o PP é um cigano, o PP é um ciganão'
Avatar do Utilizador
Aignes
Enciclopédia
Mensagens: 858
Registado: 05 jan 2006 23:59
Contacto:

Re: Pedro Paixão

Mensagem por Aignes »

Já tinha ouvido falar no senhor, mas títulos como 'Nos Teus Braços Morreríamos' e 'Muito, Meu Amor' desencorajam-me bastante...cheira-me demasiado a Nicholas Sparks :dry:

Mas pode se que seja um género completamente diferente e eu esteja redondamente errada :rolleyes:
«The force that through the green fuse drives the flower
Drives my green age; that blasts the roots of trees
Is my destroyer.
And I am dumb to tell the crooked rose
My youth is bent by the same wintry fever.»
Avatar do Utilizador
Samwise
Realizador
Mensagens: 14974
Registado: 29 dez 2004 11:46
Contacto:

Re: Pedro Paixão

Mensagem por Samwise »

Considerando que são os senhores Wimsey e Steerpike que estão a falar, e que mesmo que alguma vez peguem num livro do Paixão para lhe darem ou não uma leitura atenta, já sei que nunca hão-de gostar dele (de o amar através da firmeza de um olhar :wink: ) ou da escrita dele ou dos livros dele (quando muito hão-ão-ão de lhe ferrar os caninos mais uma vez nas canelas, isto se tiverem pachorra para perder tempo com as canelas de alguém que escreve piroseiras-muito-light-muito-meu-amor)

Mordam-no, insultem-no, deitem-no abaixo, queimem-lhe os livro na lareira, engasguem-se com o sangue do homem. I don't care. Não caiam é no erro de o compararem com o Sparks (xiiiii, ainda por cima já disse noutro tópico que gostei de um livro do Sparks...), com a MRP, e de o avaliarem pelo nome (dele e dos livros dele).

Mas pode se que seja um género completamente diferente e eu esteja redondamente errada


Who knows. Eu não sabia o que havia de esperar do livro, e confesso que caminhava para ele com o mesmo tipo de preconceitos ali do jovem Wimsey - o que se seguiu foi uma espécie de noite onde uma espécie de orgia repulso-atractiva me obrigou a lê-lo quase todo. Por um lado aquelas frases muito light e muito bemzocas que me faziam olhar quase para o lado quando surgiam, por outro um livro singular e fascinante, de alguém que escreve com alguma coragem, sobre alguém que deambula pelo mundo com alguma coragem.

Resumindo, gostei o suficiente para ainda o ter na memória e para arriscar ler mais outro livro do autor. Pelo menos.

Sam

P.S. Wimsey, já sabemos que não és de extrema direita nem de extrema esquerda. Vamos lá ver quando atacas o extremo centro... :biggrin:
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -
Lord Wimsey
Dicionário
Mensagens: 548
Registado: 29 nov 2005 21:01
Contacto:

Re: Pedro Paixão

Mensagem por Lord Wimsey »

Não percebi de onde veio essa, Sam :dry:
Avatar do Utilizador
Samwise
Realizador
Mensagens: 14974
Registado: 29 dez 2004 11:46
Contacto:

Re: Pedro Paixão

Mensagem por Samwise »

Há uns tempos atrás, já não sei em que tópico, atacavas os óó-riveis peles vermelhas que ainda habitam o Kremlin; desta feita, foi o PP a vítima da verborreia. Estou só curioso para ver quem é o próximo partido político a levar com o mart... com a foi... com uma associação a um ecritor-luz. :mrgreen4nw:

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -
Responder

Voltar para “Autores”